Ex-seguranças da presidência americana são contratados para proteger Kim Kardashian

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A socialite Kim Kardashian decidiu reforçar sua equipe de segurança após ter sido assaltada em Paris, no início do mês. Fontes próxima à americana afirmaram ao site TMZ que ex-agentes do Serviço Secreto americano, que atuaram como segurança do presidente e vice-presidente dos Estados Unidos, bem como as famílias deles, foram contratados para proteger a morena. Os novos seguranças andarão armados para garantir a proteção da celebridade.

De acordo com o TMZ, Kim terá ao menos dois seguranças aonde quer que ela for. E até o carro da socialite será blindado. Para contratar os novos guarda-costas, Kim encontrou ex-agentes da CIA (serviço de inteligência estadunidense), do Serviço Secreto e até militares de Israel.

O tabloide afirma ainda que, após o assalto em Paris, a mãe de Kim, Kris Jenner, que é empresária dos filhos, pretende também reforçar o esquema de segurança dos irmãos da socialite. Kim estava hospedada no luxuoso Hotel Pourtales, quando criminosos armados invadiram o local, a prenderam em um banheiro e levaram o equivalente a cerca de 10 milhões de dólares em joias, incluindo a aliança de diamantes da morena.

Pin It on Pinterest