Coluna: Mais do mesmo? Porchat, Gentilli, Adnet e Jô disputam a mesma “merda”

Julioo12111

O fim de noite na TV brasileira iniciou as 0h15 desta quinta (25), uma nova batalha pela audiência. A madrugada passa a contar com três atrações semelhantes, confrontando entre si. Fábio Porchat estreou seu programa na Record com média preliminar de 8,8 pontos e pico de 12, na Grande SP. Por alguns minutos, a nova atração se confrontou com o The Noite com Danillo Gentilli (SBT) e Jô Soares, que está em seus últimos meses na Globo. A estreia da Record recebeu bem do Programa do Gugu e conseguiu cerca de 3 pontos a mais que a estreia do The Noite no SBT e 5 pontos a mais da reestreia do extinto Agora é Tarde.

IMG_20160825_020630

Até pouco tempo, a briga pela “merda” (termo usado no teatro para expressar o sucesso ou desejar boa sorte), tinha o Agora é Tarde com Rafinha Bastos como opção. No entanto, com a baixa audiência o programa deixou a grade da Band. Desde então, jô e Danilo disputavam o público.

Hoje, mesmo com a concorrência, a política da boa vizinhança foi aplicada pelos três apresentadores que desejaram sucesso mútuo. E nos bastidores, o clima é o mesmo? Jô terá que enfrentar os programas concorrentes os quais foi o grande inspirador, apenas até dezembro. Em 2017, Pedro Bial deve assumir seu horário na Globo. Nesta quinta (25), Marcelo Adnet estreia sua atração após Velho Chico, tendo exibição semanal e por temporada, mas que pode ter uma futura exibição diária, caso tenha sucesso (seria um teste?).

img-593373-danilo-gentili-faz-sua-estreia-a-frente-do-the-noite-no-sbt20140311111394548529

Em coletiva, Porchat disse que o mundo vive sem a Globo, mesmo recorrendo a participação da global Tatá Werneck, por telefone, em sua estreia, a fim de chamar atenção do público. O apresentador e humorista também provocou Gentilli, colega e amigo. Aliás, Fábio participou como o primeiro convidado de Danilo na mudança para o SBT. Com formato e público mais parecidos (semelhanças gritantes), o Programa do Porchat e o The Noite, devem ser os maiores concorrentes diretos. Resta saber se haverá público para manter todos os programas no ar concorrendo diretamente ou se com o tempo, alguém vai rodar. 17964312

Se na madrugada sobra concorrência, enquanto isso, carecem programas para o público jovem, nos demais horários. O Altas Horas é um dos únicos que se manteve firme no ar desde que Serginho trocou o Programa Livre do SBT pela Globo. O Programa Livre revolucionou as tardes do SBT, nos anos 90, com entrevistas, convidados e um papo-cabeça. Hoje, parece que o humor virou a única forma de comunicação mais informal que merece ter investimento das emissoras de TV que há muito tempo não apresenta nada mais de novo, apenas um mais do mesmo!

Siga:

Twitter: @jcfantin

Facebook: @julioportalg

Instagram: @juliocesarfantin

Júlio César Fantin

Trabalhou em empresas de comunicação como SBT SC, Band SC e Regional FM. Criou o site Portal G e o portal Ouvintes.

X

Pin It on Pinterest

X