Os 7 Pecados Capitais: meu pecado foi ter demorado tanto para assistir

Nos últimos dois meses resolvi dar uma chance para duas séries que estavam na minha watchlist há anos. A 1ª é The Blacklist (farei resenha, talvez) e a 2ª é Nanatsu no Taizai.

Digamos assim, se arrependimento matasse, estaria morto e enterrado faz muuuuito tempo. Ambas são incríveis, envolventes, e a dublagem foi no ponto.

Nos concentremos então em Os 7 Pecados Capitais:

ATENÇÃO:

A partir de agora vai ter spoilers. Leia por sua conta e risco.

O anime se passa em uma época medieval, e é centrada nas lendas arturianas (o próprio aparece). A série começa com uma breve explicação, para dar o prelúdio do porque Os Pecados se separaram. Então, a cena corta para 10 anos depois. E já nos deparamos com um jovem loiro, que aparenta ser uma criança, administrando uma taberna(!).

A melhor parte dessa sequencia é quando o rapaz chama alguém pra limpar a bagunça, e conhecemos o 2º personagem da trama, o Hawk. Esse carinha é o maior alívio/escada cômica que vai ter nesses 24 episódios. No decorrer do episódio, os fregueses brincam com a possibilidade de um dos 7 Pecados estar andando nos arredores do vilarejo, em uma armadura enferrujada.

Nesse momento entra um morador assustado dizendo que viu o tal Pecado, e todos começam a ouvir o som de uma armadura enferrujada. A porta abre e todo mundo sai correndo.

O jovem encara o grandalhão, mas este cai de costas, e se revela uma bela jovem.

Na cena seguinte é só gargalhada e… bem…

 

Nos episódios seguintes é disso pra pior. A Elizabeth é meio bobinha demais. 😉

O objetivo principal da Elizabeth é reunir os Pecados para deter as ambições de uma facção dos Cavaleiros Sagrados que quer dominar o Reino de Britânia, mas conforme a história se desenrola, vemos que a coisa é muito pior.

Após a Elizabeth achar o Pecado da Ira do Dragão, ela e o Meliodas seguem sua jornada para achar os Pecados restantes.

Conforme eles vão achando alguns dos demais pecados, eles vão resolvendo coisas pelo caminho. Uma das melhores cenas do anime é o reencontro do Ban, O Pecado da Inveja da Raposa e do Meliodas. A cena quase me fez chorar, e nem tô falando de emoção.

Outro personagem verdadeiramente incrível, é o King, ou melhor, Harlequin, O Rei das Fadas. E ele também protagoniza uma das sequencias ótimas: o King lutando com um velho. E… apenas assista.

Enfim, o anime é gostoso de assistir. Você quer ver mais um episódio assim que o anterior acaba. Os personagens são bem construidos, suas histórias são bem fundamentadas e cada um tem sua personalidade bastante marcante. Aliás, periga de você se identificar com todos os Pecados.

Se você busca algo pra assistir no fim de semana ou diariamente antes de dormir, esse anime vai te satisfazer.

Se você não gosta de anime, mas ficou interessado, assista o Especial Nº 4 (“2ª Temporada”), a partir dos 15 minutos. Só digo isso.

ONDE ASSISTIR?

Netflix e lojinha do Paulo Coelho.

Twitter e Instagram: @Wardz_de_Souza

FB e Messenger: Wardz.de.Souza

Pin It on Pinterest