Zezé Di Camargo e Luciano são condenados a pagar indenização milionária

Os sertanejos Zezé Di Camargo e Luciano foram condenados a pagar R$ 2.676.394,24 ao músico Elias Flores Rezende, ex-sanfoneiro da dupla. Ele entrou na Justiça contra os ex-patrões após sofrer um acidente quando viajava no ônibus dos cantores.

Segundo informações do jornal Extra, depois do ocorrido, ele alegou ter sido demitido e não ter seus direitos, como carteira assinada, férias, 13º salário, entre outros benefícios, pagos. Após a sentença, proferida pela Justiça do Trabalho de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, os advogados de Zezé ofereceram um acordo de R$ 1.750.000,00 pagos parceladamente. Elias aceitou.

O processo se arrasta na Justiça desde 2010, mas a fase de recursos acabou no segundo semestre deste ano. Em 2007, Elias teve traumatismo craniano após sofrer o acidente na estrada de Uberlândia, em Minas Gerais. Perdeu toda a audição do ouvido direito e do labirinto do lado direito, ficando ainda com sequelas no esquerdo. Ele foi um dos músicos que ficaram gravemente feridos no acidente, após uma apresentação.

O ex-funcionário já havia vencido Zezé Di Camargo e Luciano em primeira instância, mas a dupla recorreu. Na época, foi fixada a quantia de R$ 750 mil por danos morais e materiais sofridos. O processo tem quatro volumes com 735 páginas. Além da indenização milionária que terão que pagar ao ex-funcionário, os sertanejos vão custear o processo e desembolsar mais R$ 35 mil.

X

Pin It on Pinterest

X