“A Record não é ‘de segunda’, só é diferente da Globo”, defende Bianca Rinaldi

bianca-rinaldi-jovem-pan

Com novelas globais no currículo, Bianca Rinaldi e Leonardo Vieira já tiveram que encarar várias transições na carreira de ator, entre elas, a mudança de uma emissora para outra. A dupla, que já passou também pela SBT e a Record, defendeu os canais de serem inferiores em relação à Globo durante participação no Pânico desta quinta-feira (13).

“A Record não é ‘de segunda’, só é diferente da Globo”, defendeu Bianca. “A gente respeita todos os lugares e a Globo tem suas qualidades como todas as emissoras. Eu vou aonde tem trabalho para mim. Às vezes o cachê é muito bom e às vezes o personagem é muito bom. Eu fiquei 10 anos na Record e foi maravilhoso”, falou.

Leonardo, que fez sua estreia na televisão na novela “Renascer”, da Rede Globo, concordou com a colega. “Ninguém trocou a Globo, nós somos livres e vamos aonde tem bom personagem”, completou. O ator, que foi contratado pela Record em uma época de investimento nas novelas da emissora, negou que tenha recebido salários milionários.

Os atores, que já formaram par romântico em “Os Mutantes”, “José do Egito” afirmaram que não rola ciúmes da relação com o marido de Rinaldi. “A gente [Leonardo e o marido de Rinaldi] é amigo, já trabalhamos juntos na Record e não há ciúmes nenhum”, declarou Vieira. “Eu tenho dois maridos”, brincou a atriz.

Em cartaz com a peça “Nove em Ponto”, a dupla repete a parceria. A trama explora a forma como o tempo pode influenciar em acontecimentos da vida e até que ponto as coisas seriam diferentes com a passagem de minutos. A peça acontece toda quarta e quinta-feira às 21h no Teatro Folha.




X

Pin It on Pinterest

X