“Conexão Repórter” investiga academias clandestinas neste domingo (9)

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Infiltrado em academias, com câmeras escondidas, o “Conexão Repórter” deste domingo (9), descobre uma série de graves irregularidades: falta de professores habilitados, contratações que não exigem diplomas, e manutenção incorreta de equipamentos. Em uma investigação de vários meses, Roberto Cabrini mostra os riscos escondidos atrás de exercícios aparentemente inofensivos, que podem deixar sequelas para o resto da vida.

O telespectador vai acompanhar a clandestinidade de academias que aceitam de tudo em nome do lucro e, do outro lado, celebridades ganham dinheiro dando dicas pela internet. Verdadeiras beldades revelam seus segredos para “secar” gorduras, e se tornam ídolos, conquistando uma legião de seguidores. Entretanto, essas pessoas muitas vezes não estão preparadas para exercer esse tipo de função.

O programa revela o resultado deste universo de negligências e mostra pessoas que tiveram suas vidas mudadas para sempre ao frequentarem academias em situação irregular. Cabrini mostra o caso de Maria Eugênia, uma jovem modelo que sofreu um grave acidente ao se exercitar sem o acompanhamento de um professor habilitado, teve uma fratura de vértebra e recebeu a notícia de que nunca mais voltaria a andar. Hoje, ela alcançou uma recuperação surpreendente, e se dedica a conscientizar as pessoas sobre a importância da orientação profissional ao praticar atividade física.

O “Conexão Repórter” vai ao ar todos os domingos, meia noite, logo após o “Programa Silvio Santos”.

X

Pin It on Pinterest

X