Em crise, TV Gazeta demite 70 funcionários e extingue telejornal

A Fundação Cásper Líbero demitiu na última segunda-feira (05/11) cerca de 70 funcionários da TV Gazeta, emissora que mantém em São Paulo.

Em nota, a instituição afirmou tratar-se de “reestruturação interna com o objetivo de equalizar as despesas à realidade das receitas do momento”, responsabilizando “a situação macroeconômica, com forte retração no mercado publicitário”.

A decisão “inclui a redução substancial da Central de Jornalismo [da TV Gazeta], área que demanda subsídio majoritário da fundação”.

Segundo o comunicado, “tão logo a situação econômica permita”, a produção jornalística será incrementada.

O telejornal das 19h foi mantido, mas os noticiários nos intervalos da programação e o “Jornal da Gazeta Edição das Dez” foram cancelados.

O diretor de jornalismo da emissora, Dácio Nitrini, afirmou em breve nota no Facebook que está entre os que deixam a emissora, com “cerca de 25 profissionais demitidos por alegadas razões econômicas”.

Além do diretor Dácio Nitrini e o editor-chefe Sérgio Galvão, foram dispensados todos os demais componentes da cúpula do jornalismo, comentaristas dos telejornais, inclusive o recém-contratado Joseval Peixoto, e os apresentadores Stella Gontijo e Rodolpho Gamberine, que recebeu a notícia em Paris, em férias.. Houve baixas também na área de esporte e entretenimento.

Pin It on Pinterest