Repórter da Globo chora no “Jornal Hoje” ao falar da liberação do corpo de colega

O jornalista Ari Peixoto, da Globo, chorou durante transmissão ao vivo que fazia para o “Jornal Hoje” nesta quinta-feira (1º) ao informar sobre a liberação do corpo de seu colega de trabalho, Guilherme Marques, uma das vítimas da tragédia na madrugada de terça-feira (29) com o avião que levava o time da Chapecoense para disputa da Copa Sul-Americana.

O repórter estava na porta do Instituto Médico Legal de Medellín, na Colômbia, e conversava com Evaristo Costa sobre a identificação das 71 vítimas. O órgão informou nesta quinta-feira (1º) a liberação dos corpos de dois brasileiros, entre eles a de Marques.

Ao comentar o assunto, Ari tentou conter a emoção, mas acabou chorando. “Não gostaria de dizer isso”, desabafou enquanto concluía a participação. Evaristo Costa se compadeceu no momento. “A gente entende a sua emoção. É a mesma emoção de todos nós, funcionários da TV Globo, de perder um colega”, disse ao consolar Ari.

Guilherme Marques era repórter da Globo desde 2013 e acompanhava o time para participar da cobertura do jogo contra o Atlético Nacional, que aconteceria nesta quarta-feira.

 

X

Pin It on Pinterest

X