Sérgio Reis sobre ditadura militar brasileira: “Ultrapassaram os limites, mas teve mais coisa boa do que ruim”

Foto: Divulgação/RedeTV!
Foto: Divulgação/RedeTV!

No “Sensacional” deste domingo (23), Daniela Albuquerque recebe um dos maiores representantes da música sertaneja do país: o cantor Sérgio Reis. No palco do programa, Sérgio participa de uma brincadeira e relembra momentos importantes de sua vida pessoal e carreira, além de se emocionar ao falar sobre a morte de Ayrton Senna. “Éramos muito próximos, sou amigo do pai dele e ele era meu vizinho. O maior ídolo do esporte brasileiro e mundial, sem dúvida. Foi tudo muito triste”, relembra.

Além de cantar, Sérgio já fez participações em novelas, filmes, e, em 2014, entrou para a política, sendo eleito deputado federal com 45.330 votos. Ao ser questionado sobre o fim da ditadura militar no país, o artista diz que o período teve prós e contras e ressalta seus lados. “A parte boa foi que não tinha bandido nas ruas. Podia andar a vontade que se alguém roubasse, o policiamento era extensivo. Infelizmente, por outro lado, ultrapassaram os limites. Muita gente morreu, outras pessoas foram embora. Moralizaram o país, só que de uma maneira rígida”, opina. Embora não seja a favor da ditadura nos dias atuais, ele afirma: “Se fizer um retrospecto com o que os militares fizeram para o Brasil, tem mais coisa boa do que ruim”.

Durante sua participação, o sertanejo conta que já quase foi esfaqueado por um fã durante show em São Bernardo do Campo. “Entrou um cara com uma faca bem atrás de mim no palco e eu nem sabia. Meu motorista, que andava sempre comigo, viu o momento em que ele puxou o objeto e já o segurou pelo braço”, diz.

Católico, Sérgio revela que se considera uma pessoa “super religiosa” e, ao elogiar o Papa Francisco, afirma: “Os Papas são pessoas enviadas por Deus, que nascem dedicadas ao próximo. É algo que precisamos admirar e respeitar”.

Com alguns sucessos memoráveis ao longo de sua carreira como ‘Chico Mineiro’, ‘Panela Velha’ e ‘Pinga Ni Mim’, ele também canta no palco do ‘Sensacional’ e tenta ensinar Daniela Albuquerque a tocar berrante. Com apresentação de Daniela Albuquerque, o “Sensacional” vai ao ar aos domingos, às 16h40, pela RedeTV!

X

Pin It on Pinterest

X