“Sila: Prisioneira do Amor”: saiba tudo sobre os capítulos de 12 a 17 de setembro

Segunda-feira, 12 de setembro
Esma e Berzan se unem contra Boran e Sila. Berzan se recupera do tiro e planeja sequestrar Bedirhan. Boran fica sabendo que o pai de Zeliha desapareceu. Ceren se encontra com Dilaver e diz que pretende reabrir um processo contra Berzan. Sivan pede que Hussein se afaste de Ayse. Berzan pede à esposa que se prepare para receber um bebê em casa.

Terça-feira, 13 de setembro
Dilaver pede ajuda a Boran para processar Berzan. Hussein desaparece e Ayse se preocupa. Berzan se aproxima perigosamente de Sila e Bedirhan. A esposa de Berzan prepara um quartinho de bebê. Narin começa a sentir as dores do parto e vai para o hospital.

Quarta-feira, 14 de setembro
Bedar recebe alta do hospital. A filha de Narin nasce e ela conversa com Azad o quarto. Berzan articula o sequestro de Bedirhan, mas é ameaçado por um ancião do clã que o faz mudar de ideia. A polícia vai à casa de Berzan e ele é intimado a dar um novo depoimento à justiça. Dilaver e Ceren se beijam pela primeira vez.

Quinta-feira, 15 de setembro
Berzan jura se vingar de Boran. Ayse tenta falar com Hussein mas ele vai embora e não atende as ligações. Berzan convida Esma para jantar e pede informações sobre Sila e sua rotina. Sila pede que Boran faça algo para ajudar Ayse e Hussein. Ceren convida Dilaver para conhecer a família dela. Narin vai para casa com a bebê e encontra os pais. Esma flagra Ceren e Dilaver de mãos dadas na empresa.

Sexta-feira, 16 de setembro
Berzan encontra Sila em um restaurante. Boran vê os dois conversando e fica transtornado. Dilaver janta com a família de Ceren. Hussein ameaça romper com a mãe caso ela não permita o casamento com Ayse. Ceren é seguida pelos homens de Berzan. Dilaver diz ao pai que quer pedir o divórcio.

Sábado, 17 de setembro
Esma conta a Ceren que Dilaver é casado. Boran traz Hussein de volta mas Ayse desaparece. Berzan exige que Ceren se afaste do processo contra ele e ameaça matar Dilaver. Após saber da morte do pai, Zeliha aponta uma arma para Berzan.