Sucesso dos anos 1980, “A Gata Comeu” volta ao ar dia 24 de outubro

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Uma das novelas mais pedidas pelos assinantes do Viva estreia no dia 24 de outubro: “A Gata Comeu”. De Ivani Ribeiro, a trama leve e despretensiosa substitui outro grande sucesso da autora, “Mulheres de Areia”.

A produção é uma adaptação de “A Barba Azul” (1974), também de Ivani. A novela conquistou o público da década de 80, quando foi exibida no horário das 18h, na Globo, e chamou a atenção para o charmoso bairro da Urca, onde a história foi ambientada. A trama principal gira em torno do divertido e tumultuado romance entre Jô Penteado e Fábio Coutinho, protagonizados por Christiane Torloni e Nuno Leal Maia. Na versão original da trama, a dupla foi interpretada por Eva Wilma e Carlos Zara.

Em busca de seu grande amor, Jô Penteado já noivou sete vezes, até Fábio aparecer na sua vida e mudá-la de vez. Os dois estão em uma excursão marítima, quando um forte temporal atrapalha o passeio, desviando a rota do barco. Todos vão parar em uma ilha deserta, onde ficam presos por dois meses. Apesar das farpas e faíscas entre a dupla, a paixão fala mais alto e daí surge uma relação inusitada. O casal briga como cão e gato e rende cenas engraçadas à história.

A trama conta com personagens carismáticos como as duplas Gustavo (Cláudio Corrêa e Castro) e Tereza (Marilu Bueno), e Conceição (Dirce Migliaccio) e Oscar (Luiz Carlos Arutin). As trilhas nacionais e internacionais também são um sucesso à parte e marcaram a época. Mas quem roubou a cena foi o divertido Clube do Curumim, com crianças que fizeram história na TV. Foi a estreia de Danton Mello e Juliana Martins. O grupo conta ainda com Juliana Lucas Martin, Kátia Moura, Oberdan Jr., Rafael Alvarez e Silvio Perroni.

No elenco, nomes como Anilza Leoni, Aracy Cardoso, Bia Seidl, Diana Morel, Eduardo Tornaghi, Fátima Freire, José Mayer, Laerte Morrone, Mauro Mendonça, Mayara Magri, Nina de Pádua, Norma Geraldy, Roberto Pirillo, Rogério Fróes, entre outros. A produção foi a primeira novela dos atores Deborah Evelyn e Jayme Periard.

“A Gata Comeu” teve colaboração de Marilu Saldanha, direção de Herval Rossano e José Carlos Pieri, direção geral de Herval Rossano e supervisão de Daniel Filho.

CASAL “BATEU, LEVOU!”

Beleza e dinheiro nunca faltaram na vida de Jô Penteado, uma das personagens mais emblemáticas da carreira de Christiane Torloni. Mas o grande amor de sua vida parece se esconder de seu caminho. Apelidada de Lucrécia Bórgia, por “colecionar” noivos – já são sete em seu passado -, nem imagina que um naufrágio mudaria seu destino. Depois de um imprevisto durante um passeio de lancha organizado por Fábio para seus alunos, todos ficam ilhados e são dados como mortos. Como a embarcação é de sua família, Jô decide ir como guia da excursão. Os primeiros capítulos da novela são antológicos e mostram as aventuras e confusões do grupo, que conta com pessoas de variados estilos e classes sociais, causando situações engraçadas no dia a dia.

Enquanto Jô é mimada e temperamental, Fábio é conservador e tranquilo. As divergências não param por aí, começando por ele não suportar o comportamento dela. Como os opostos se atraem, a empatia foi à primeira vista e “Bateu, levou!” virou o bordão do casal, que trocava insultos e até mesmo tapas na cara. Viúvo, ele dá aulas em uma escola de segundo grau na Urca, e cuida – com a ajuda da auxiliar Zazá (Aracy Cardoso) – dos filhos Cuca (Danton Mello) e Adriana (Kátia Moura). Já Jô tem tudo do bom e do melhor. Herdeira do milionário Horácio (Mauro Mendonça), a quem é muito ligada, ela não se dá bem com a madrasta, Ester (Anilza Leoni). Gláucia (Bia Seidl) e Lenita (Deborah Evelyn) são suas meias-irmãs. Ao longo da novela, a invejosa Gláucia apronta muitas armações para separar o casal.

Os dois demoram a admitir a atração que sentem um pelo outro, mas a relação tempestuosa logo vem à tona. Nem mesmo a presença da noiva de Fábio, Paula (Fátima Freire), na ilha, inibe sua aproximação de Jô.

O CLUBE DO CURUMIM

Sete crianças roubam a cena em “A Gata Comeu”: Danton Mello, Juliana Lucas Martin, Juliana Martins, Kátia Moura, Oberdan Jr., Rafael Alvarez e Silvio Perroni. O elenco mirim forma o divertido Clube do Curumim, que apronta muitas confusões pelas ruas da Urca.

Foi o primeiro trabalho na TV de Danton Mello e Juliana Martins. Dez anos depois, eles protagonizaram temporada de estreia de “Malhação”. Danton é Cuca, irmão de Adriana (Kátia Moura). Os filhos de Fábio Coutinho (Nuno Leal Maia) são criados pela babá Zazá (Aracy Cardoso). Juliana interpreta Sueli, irmã de outro integrante do grupo: Xande (Oberdan Jr.). Alunos de Fábio, os dois são filhos de Ofélia (Diana Morel) e Martim (Rogério Fróes), e tem mais uma irmã, Paula (Fátima Freire). O Clube do Curumim também é formado por Renato (Silvio Perroni), filho de Conceição (Dirce Migliaccio) e Oscar (Luiz Carlos Arutin), e pelos irmãos Cecéu (Rafael Alvarez, que hoje é um premiado diretor e produtor de cinema e de TV) e Verinha (Juliana Lucas Martin), filhos de Vicente (Germano Filho).

DUPLAS CARICATAS

E não é só o casal protagonista que proporciona muitos momentos de risada à trama. “A Gata Comeu” também traz as relações hilárias de Gustavo (Cláudio Corrêa e Castro) e Tereza (Marilu Bueno), e Conceição (Dirce Migliaccio) e Oscar (Luiz Carlos Arutin).

Conhecidos como Gugu e Tetê, os pais de Babi (Mayara Magri) vão aumentar a família com a chegada de gêmeos. Para o desespero do marido, durante a gravidez ela tem desejos exóticos como rabanete com açúcar mascavo, churros uruguaios e tutu de feijão com cravo e canela. O casal vive se desentendendo, mas sempre com bom humor. A mãe de Tetê, Dona Biloca (Norma Geraldy), também mora com eles. Ela bem que tenta ajudar a neta, mas os relacionamentos de Babi são sempre controlados pelos pais. Principalmente quando ela conhece Tito (Jayme Periard), com quem Gugu e Tetê não simpatizam.

Já na casa de Conceição e Oscar, ele é um vagabundo assumido, mas só ela não enxerga. Sua esposa é a única a acreditar que ele trabalha muito e é um “santo”. Na sua frente, Oscar se passa por doente, mas, na realidade, é outra pessoa na rua e vive se divertindo. São pais de Renato (Silvio Perroni) e tios de Edson (José Mayer), considerado um filho para o casal e que, no decorrer da novela, se apaixona por Lenita (Deborah Evelyn). Com o relacionamento, Ivani Ribeiro aborda o amor entre diferentes classes sociais e as dificuldades e preconceitos que muitos enfrentam.

OS PICARETAS: CONDE DE PARMA E CEGO BRAGUINHA

Outros personagens de destaque da produção são os primos Vitório (Laerte Morrone) e Zé Mário (Élcio Romar). O primeiro é garçom de uma pizzaria, mas se disfarça de Conde de Parma, para lidar com pessoas da alta sociedade e impressionar Gláucia (Bia Seidl). Vitório divide apartamento com os amigos e atores Rafael (Eduardo Tornaghi) e Tony (Roberto Pirillo).

A ousadia também faz parte da história de Zé, que inventa outra identidade, a do cego Braguinha, para se aproximar da amada Babi (Mayara Magri).

TRILHA SONORA: NOSTALGIA DA DÉCADA DE 80

Os hits nacionais e internacionais de “A Gata Comeu” conquistaram o público, tornaram a novela ainda mais icônica e marcaram os anos 1980. A começar pelo tema de abertura, “Comeu”, de Caetano Veloso, que ganha a interpretação do grupo Magazine, na época liderado por Kid Vinil.

E a música que embala Jô Penteado delineia o temperamento forte da personagem de Christiane Torloni: “Só Prá o Vento”, mais um sucesso de Ritchie. Já o ilustre professor Fábio (Nuno Leal Maia) tem como tema a canção “Amigo do Sol, Amigo da Lua”, na voz de Benito Di Paula.

As faixas se encaixam impecavelmente nos personagens e no cenário da pitoresca e tranquila Urca. Entre outros destaques: “Choro”, cantada por Fábio Jr.; “Seu Nome”, de Byafra; “Canção de Búzios”, de Sandra de Sá; “Sonho Blue”, de Liliane; “Eu Queria Ter uma Bomba”, estreia de Cazuza em carreira solo; “Smooth Operator”, na voz de Sade; “The Heat Is On”, entoada por Glenn Frey; “Doce Pecado”, interpretada por Santa Cruz; “Heaven”, de Bryan Adams; o tema de Jô e Fábio, “Forever By Your Side”, cantado pela banda Manhattans; a clássica “We Can Change The World”, interpretada por Tremendo; e “Tipo One Way”, que embala o núcleo jovem da novela.

Viva – Canal Globosat
“A Gata Comeu” – inédito

Estreia dia 24 de outubro
Horário principal: segunda a sábado, às 15h30
Horário alternativo: segunda a sábado, na faixa de 0h30

X

Pin It on Pinterest

X