TV Cultura estreia segunda temporada da série britânica “Padre Brown”

Produzida pela BBC, a série, que foi um sucesso em sua primeira temporada, volta para a tela da TV Cultura com mais aventuras do Padre Brown a partir de sexta-feira (07/12), às 22h30.

Ambientada no interior da Inglaterra dos anos de 1950, a atração acompanha o padre que dá nome ao programa e que possui um impressionante talento para solucionar crimes.

Nesta temporada, o telespectador pode assistir histórias como a do Fantasma na Máquina, em que uma menina pede para que Padre Brown exorcize sua casa, por acreditar que a mesma está sendo assombrada pelo fantasma de sua irmã, que desapareceu nove anos atrás.

Com uma audiência global consistente, Padre Brown está presente em torno de 150 países. Devido ao sucesso conquistado, o seriado também acaba de ganhar mais uma temporada, que se soma às outras seis já lançadas e exibidas desde janeiro de 2013 pela BBC One. Destaque no calendário do canal público britânico, a série faz sucesso entre adultos de ambos os sexos, aumentando a participação da emissora entre esse público em 81%. Em sua estreia, que obteve 2,4 milhões de telespectadores e uma impressionante participação de 27,4% de share, o seriado venceu a concorrência no horário, com 1,3 milhão de espectadores a mais.

Agora, com a exibição na TV Cultura, o público brasileiro poderá conferir os 70 episódios de 52 minutos cada, que, além de Mark, contam com um elenco formado por artistas como Sorcha Cusack (Mrs Bridgett), John Burton (Seargeant Goodfellow), Nancy Carroll (Lady Felicia) e Alex Price (Sid Carter). Ao longo dos cinco anos de produção, a série já esteve sob a direção de diferentes nomes, como Paul Gibson, Matt Carter, Ian Barber, Diana Patrick e Gary Williams.

O cenário onde o padre vive pode ser considerado tipicamente inglês: salas de estar em grandes casas de campo, jardins secretos, feiras rurais, estações ferroviárias e igrejas. O gentil Padre Brown se parece com os outros sacerdotes, mas conquistou uma visão incomum das origens do mal e do funcionamento da mente criminosa graças à experiência de ouvir com atenção as confissões de seus paroquianos. Suas investigações, muitas vezes, revelam segredos e provocam reviravoltas dramáticas. O chefe da delegacia local admira a inteligência afiada de Brown, mas também considera o padre um observador incômodo do trabalho da força policial.

Cada episódio apresenta Brown investigando um crime em sua maneira particular. Ele observa as pistas dos casos com atenção e consegue extrair a verdade dos envolvidos. Na primeira temporada, o padre mostra que o principal suspeito de um assassinato com marteladas pode não ser o suspeito mais óbvio, o ferreiro local. Enquanto a polícia acredita que uma mulher afogou-se por acidente e que um poeta enforcado se matou, Brown vê indícios de dois homicídios. O padre também revela o responsável por dois assassinatos em um convento com a ajuda de uma freira muito interessada em ficção policial.

Além de passar na emissora de TV, a atração também está disponível no app Cultura Digital.

Pin It on Pinterest