“Velho Chico”: Afrânio dará tiros em Carlos Eduardo

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Afrânio (Antonio Fagundes) fará as vezes de pai revoltado a procura do filho nos próximos capítulos de “Velho Chico“. Tudo começará quando ele souber que Carlos Eduardo (Marcello Serrado) está envolvido no sumiço do caçula dos De Sá Ribeiro.

De acordo com as informações da jornalista Patricia Kogut, do jornal “O Globo”, Santo (Domingos Montagner) mostrará as fotos que Martim (Lee Taylor) fez quando encontrou o ex-deputado em negociações ilegais. Lembrando que o ex-deputado irá perseguir Martim até tentar matá-lo e ele desaparecer.

Após Santo passar tudo o que sabe para Afrânio, o coronel irá esperar Carlos chegar na fazenda e dará um tiro em direção a ele, o tiro não acertará o ex-deputado e Afrânio, em seguida, acertará uma coronhada nele. O filho de Encarnação (Selma Egrei) perguntará onde está Martim e Carlos dirá que não sabe de nada. Afrânio então, ficará preocupado com a possível atitude do genro:

– Você atirou em Santo… Não quero nem pensar que você fez o mesmo com meu filho!

– Não atirei em Martim, pelo amor de Deus. Ele pode ser um maluco, mas Martim e eu somos quase como irmãos!

Nervoso,  Afrânio começará a agredir Carlos Eduardo, apontará a arma para ele de novo e atirará. Depois de um certo suspende, todos perceberão que a bala passou muito próxima a cabeça do ex-deputado:

– Meu Deus! O senhor enlouqueceu? O que é isso? – questionará ele, muito assustado.

Afrânio jogará as fotos dadas por Santo em direção de Carlos e afirmará que são os últimos registros do filho. Carlos tentará se defender:

– Quem lhe disse que foi Martim que fotografou? Foi ele que lhe mandou? Foi ele quem disse? Essa foto pode ter sido tirada por qualquer um, coronel.

O Saruê voltará a ameaçar o ex-deputado, que não se intimidará:

– O senhor não vai atirar. O senhor não é um assassino, coronel. Eu lhe conheço, o senhor se conhece. Se algo aconteceu a Martim, não fui eu! Isso foi intriga, querem destruir nossa relação, o senhor não vê? O senhor pode até me matar, mas não vai me fazer falar o que não sei.

– Vou procurar Martim até encontrar. E, se não encontrar, volto aqui para lhe matar! Vai ser a única morte que vou carregar nas costas. Só que dessa eu não vou me arrepender! – encerrará Afrânio, acertando um novo golpe em Carlos.

X

Pin It on Pinterest

X