“MasterChef Profissionais” chega a 8 pontos e deixa a Record em quarto lugar

Foto: Divulgação/Band
Foto: Divulgação/Band

O sétimo episódio do “MasterChef Profissionais” atingiu 8,4 pontos de audiência nesta terça-feira (15), deixando a Band na vice-liderança no horário (22h31 à 00h56). O programa registrou 6,6 pontos de média e share de 11,7%. No mesmo horário, a Globo marcou 16,8 pontos, SBT 7,0 pontos, Record 5,1 pontos e RedeTV! 2,0 pontos.

No programa de ontem, os seis participantes encararam um dos desafios mais complexos do programa até hoje. Cinco rounds intensos colocaram à prova as habilidades dos profissionais como açougueiros. Divididos em duas equipes, os cozinheiros tiveram de agradar o paladar de importantes especialistas como o empresário István Wessel.

A equipe vermelha – formada por Dário, Dayse e Ivo – foi considerada a melhor e escapou da prova eliminatória. Fádia, João e Marcelo tiveram de preparar pratos que misturassem as culinárias italiana e japonesa. João levou a pior ao não explorar tão bem o lado oriental e não agradou os jurados.

Apesar da eliminação, João garante que não faria mudanças no seu cardápio. “Não deu nada errado, só o fato de ter perdido. Não teria feito nada de diferente, meu trabalho está satisfatório, talvez dar um pouco mais de sabor japonês, mas para mim, o que eu queria ter feito, eu fiz”, explicou em entrevista ao Portal da Band.

O professor revelou que gostaria que o sorteio tivesse apontado para outras escolas culinárias: “Eu queria muito a cozinha brasileira casada com qualquer uma das outras, eu acho que falta valorizar a gastronomia brasileira. O programa é uma janela para o mundo e essa janela tem que ser aberta para mostrar a gastronomia do Brasil”.

O cozinheiro diz que não mudou durante a sua passagem pelo programa. “O João que entra é o mesmo que sai. Talvez no começo do programa as pessoas tenham visto um João diferente, mas aquele não era o João, o de verdade é esse que está saindo”, afirmou.

“Minha participação foi muito satisfatória. Do meu ponto de vista o meu trabalho foi bem feito, sempre me esforcei para fazer melhor e vou continuar fazendo isso”, continuou.

Na torcida para que Marcelo leve o título de primeiro MasterChef Profissional, João contou quais são os planos após deixar o talent show. “Continuar trabalhando, ganhar dinheiro (risos), não ia ficar rico de qualquer forma ganhando o MasterChef, né? Agora é trabalhar e vida que segue”, argumentou.

X

Pin It on Pinterest

X