Polícia conclui inquérito sobre a morte de Domingos Montagner

Foto: Globo/Tata Barreto
Foto: Globo/Tata Barreto

A Polícia Civil de Sergipe concluiu nesta terça-feira (8) o inquérito sobre a morte do ator Domingos Montagner, que morreu durante um mergulho no intervalo das gravações da novela “Velho Chico”.

De acordo com informações do delegado Antônio Francisco de Oliveira Filho dadas ao “Jornal Nacional”, da Globo, o ator morreu por afogamento. A morte foi considerada um fato atípico e classificada como acidente.

O delegado ouviu 14 pessoas, entre elas, a atriz Camila Pitanga, que acompanhava Domingos durante o mergulho na cidade de Canindé de São Francisco. Uma vistoria feita no local da morte de Domingos constatou a falta de sinalização e salva-vidas, porém ninguém foi indiciado.

Domingos Montagner morreu no dia 15 de setembro depois de um mergulho com a atriz Camila Pitanga num lugar conhecido como Prainha, em Canindé de São Francisco. A área é considerada perigosa para banho, por causa da correnteza e da formação de redemoinhos.

Há um ano, havia avisos de risco no local, mas após uma reforma, a sinalização foi retirada e só foi reinstalada depois da morte do ator. Em setembro, a prefeitura declarou que não tinha instalado os avisos porque a obra foi interditada pelo Ministério Público, que afirmou que o embargo não eximia a responsabilidade do município.

A prefeitura de Canindé de São Francisco declarou que vai aguardar o posicionamento do Ministério Público.

X

Pin It on Pinterest

X