Valesca Popozuda revela que teve depressão após lipoaspiração malsucedida

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Valesca Popozuda revelou em sua biografia “Sou Dessas – Valesca, Pronta Para o Combate”, a preocupação que teve pela estética e beleza. Na obra, que será lançada na sexta-feira (26), na Bienal do Livro de São Paulo, a funkeira faz confidência inédita sobre uma cirurgia plástica que fez em 2015 e que teve um pós-operatório bastante traumático.

A cantora não deu muitos detalhes no livro, mas, em entrevista ao site Ego, ela revelou que o procedimento se tratava de uma hidrolipo nas pernas e que por conta dos problemas na cirurgia malsucedida chegou a ter depressão e pensou que perderia suas pernas.

“A gente quer sempre um corpo perfeito e está sempre em busca de algo melhor. E falaram assim pra mim: ‘Te dou uma capa de revista e você tem que emagrecer’. Eu não tenho corpo da mulher modelo, de passarela, tenho pernão mesmo e bundão. Fechei então a boca, mas muita gente reclamava que eu tinha a perna grossa e eu queria fazer capas de revista, então arrisquei fazer a hidrolipo nas pernas. É uma cirurgia normal, que muitas mulheres fazem e não acontece nada, mas comigo não deu certo, tive um problema e isso ficou muito marcado pra mim”, contou Valesca, que definiu o episódio de 2015 em sua biografia como ‘um dos anos mais difíceis de sua vida’.

Também sem entrar em detalhes, Valesca falou sobre um problema teve nas pernas, que preferiu esconder o assunto de todos e até a depressão causada pela pós-cirurgia, porque se tratava de um momento muito difícil em sua vida.

“Eu guardei pra mim esse episódio, mas achei necessário contar no livro para conscientizar as mulheres sobre essa obrigação da estética. Não quero mais fazer cirurgias porque as pessoas querem, as minhas pernas não estavam me incomodando e sim aos outros. Eu quis diminuir algo que faz parte do meu corpo, me arrependo, e pensei que ficaria sem minhas pernas. Tive depressão por causa disso. Imagina você só poder usar roupa toda tapada? Horrível. Hoje, graças a Deus posso colocar meu shortinho e ser feliz”, falou Valesca, que faz campanha em seu livro para que as mulheres aceitem seu corpo.

X

Pin It on Pinterest

X