Descoladas, cantoras e famosas – Além de Pabllo Vittar, conheça drags que alcançaram a fama e destaque na TV e na internet

A drag queen e cantora Pabllo Vittar tem apenas 22 anos, mas já conseguiu atingir marcas tão impressionantes que a elevaram ao posto de “celebridade do momento”. Após ser contratada pela TV Globo em 2016, como vocalista do “Amor & Sexo”, um ano depois de seus primeiros trabalhos profissionais viralizarem na internet, a maranhense que se mudou com a família para São Paulo, em 2009, e para Uberlândia (MG), em 2011, teve participações em concursos e apresentações em casas GLS, até que chegou ao auge nesta semana, com o lançamento do videoclipe “Sua Cara”, com Anitta e Major Lazer, gravado no deserto do Saara e que já ultrapassou 30 milhões de visualizações no YouTube, desde seu lançamento no domingo (30).

O talento vocal de Pabllo chamou atenção do mercado musical profissional, em 2015, com o lançamento do EP “Open Bar”. O primeiro disco “Vai passar mal” empolgou e hits como “Todo Dia” (sucesso no Carnaval 2017) e “K.O.”, impulsionaram sua carreira, atingindo mais de 20 milhões de execuções nos aplicativos oficiais de música.

O sucesso de Pabllo Vittar é comemorado pela cena LGBT, por também resgatar a atenção do público para o “drag music”, estilo que fez grande sucesso no Brasil, tendo muitos artistas transformistas se destacando e alcançando a fama pelas suas músicas ou participações na TV. Com a visualização do clipe com a cantora Anitta, o cachê de Pabllo pulou para R$ 40 mil. Pabllo e Anitta devem se apresentar no “VMA 2017”.

Mesmo fora do meio musical, a transformista e atriz Rogéria e a drag, atriz, humorista e repórter Nany People são sempre nomes muito lembrados da cena GLS, que conquistaram a fama e prestígio também na televisão. Nany já gravou alguns clipes musicais, mas seu foco é atuar nos teatros e fazer humor. Na TV, se destacou por quadros no programa da “Hebe” (SBT), em “A Praça é Nossa” (SBT) e “A Fazenda 3” (RecordTV).

Enquanto isso, há artistas como a drag Glória Groove, uma das drags/cantoras que ainda não atingiu a fama na TV, mas que ja ultrapassa a casa das 10 milhões de visualizações no YouTube com hits como “Dona” (2016) e “Império” (2017).

Drags, famosas e talentosas

Conheça algumas drags cantoras que alcançaram a fama:

Silvetty Montilla: Aos 50 anos, com quase 30 de carreira, Silvetty tem seu estilo caricato, sendo até hoje uma das artistas mais requisitadas da cena GLS. Além de drag, ela é cantora, atriz, repórter, apresentadora, humorista e bailarina. Na TV, se destacou como repórter no “TV Fama (RedeTV!), no programa “Eliana” (SBT) e no seriado “Toma Lá Dá Cá” (Globo). Na internet, seus vídeos possuem milhares de visualizações e seu disco teve ampla aceitação, mesmo sem a grande ajuda da Internet, como normalmente acontece com as visualizações atualmente.

Dimmy Kieer: o maquiador Dicesar Ferreira fez sucesso no “Big Brother Brasil 10” (Globo), o que impulsionou também sua carreira de drag queen. Dimmy lançou diversas músicas de sucesso na cena GLS, em 25 anos nos palcos, como os hits “Bicha linda, mona luxo” e “Sou uma Diva” (com Selma Light). Também foi contratada do programa “Eliana”, onde atuou como Dicesar e também como Dimmy. Um dos quadros foi o “Fadinhas Safadinhas”.

Léo Áquilla (atual Leonora): A participante de “A Fazenda 5” (RecordTV), já fazia sucesso na cena GLS nacional, quando topou entrar no reality. Foi repórter em diversos programas da RedeTV! e RecordTV. Como drag queen se destacou pelas belas apresentações e diversas músicas e clipes gravados. Um dos mais marcantes foi “Se joga pintosa, põe rosa”.

Selma Light: A drag, atriz e cantora gaúcha conquistou sucesso após sua mudança para Floripa, se destando com apresentações na noite catarinense. Gravou diversas músicas que embalaram as boates de todo país. “Escândalo”, que em julho ganhou uma versão remix, após dez anos, foi um verdadeiro estouro na época. Com Dimmy Kieer gravou o hit “Sou uma Diva”, outro sucesso marcante que retorna em versão remix agora em agosto. Na TV, se destacou em programas como o “Olhares”, da afiliada da Band, em Florianópolis (SC), onde também atuou no rádio.

Siga: JÚLIO CÉSAR FANTIN

Twitter: @jcfantin

Facebook: @eusouojulio

Instagram: @juliocesarfantin

Júlio César Fantin

Trabalhou em empresas de comunicação como SBT SC, Band SC e Regional FM. Criou o site Portal G e o portal Ouvintes. É colunista de TV desde 2012. Atua no BastidoresDaTV, desde janeiro de 2015. colunajuliofantin@gmail.com

Pin It on Pinterest