Exclusivo: Globo, SBT, Band e RedeTV! estão de olho nos 22 milhões de domicílios brasileiros com antenas parabólicas

Em tempos onde se discute o apagão da TV analógica e entrada da TV Digital em todo Brasil, uma velha aliada das emissoras de TV aberta, continua firme na preferência brasileira, tendo inclusive mais clientes do que a TV por Assinatura. Levantamento inédito realizado no mercado, por essa coluna do BastidoresDaTV, após consulta com as principais redes, mostra que o número de antenas parabólicas no Brasil ainda é bem elevado. Estima-se que são mais de 22 milhões de parabólicas espalhadas pelo país, sendo que apenas 20% delas são digitais. E mesmo onde a TV Digital já substituiu a TV analógica, existem áreas onde o sinal de canais abertos só é possível com auxílio de satélite aberto ou TV paga. Dentro da capital paulista, por exemplo, muitos telespectadores não conseguem sintonizar determinados canais abertos, dependendo do bairro ou as chamadas “áreas de sombra”.

Com a crise econômica, muitos brasileiros abriram o conforto de TVs por assinatura e voltaram a dar atenção para a boa e velha parabólica, que agora vive sua era digital. Operadoras de TV também já embarcaram na tendência de mercado e lançaram seus planos pré-pagos (Livre). É a evolução da TV por assinatura, ofertando praticamente os mesmos canais básicos das antigas parabólicas, sem mensalidades.

Das cinco maiores emissoras de TV, a Globo é a que mais investe em seu público das parabólicas. De acordo com a Central Globo, a emissora continua produzindo programas exclusivos para o público das parabólicas, onde não há programação local, com telejornais como o “Brasil TV”, das 19h10 as 19h35, com apresentação de Sérgio Aguiar. O “Globo News das 6h” é exibido das 06h as 06h30 e em seguida entra a reprise do “Hora 1”. Já a faixa das 12h as 12h45 é ocupada por desenhos e séries. A Globo também incentiva o uso das parabólicas digitais, com a possibilidade de programação local, em diversos estados, através do SAT HD Regional. O aparelho acoplado ao receptor digital foi desenvolvido especialmente para o telespectador da Globo. Atualmente, 13 regiões do país já possuem SAT HD Regional. A emissora pretende disponibilizar em breve o sinal digital regional via satélite para todos os Estados. Normalmente, o sinal digital do satélite é proveniente da capital de cada Estado e não das regionais, salvo algumas exceções. A Globo consegue disponibilizar diferentes sinais via satélite, devido compra de posições SAT, muitas adquiridas ainda quando o Grupo Globo era dono da “Sky Brasil”. O alto custo de cada nova posição, nos satélites em órbita brasileira, inviabiliza a regionalização de todas as emissoras abertas, através das parabólicas ou pelo serviço pago de TV via satélite.

O SBT, segundo sua assessoria de imprensa, continua com o sinal aberto nas parabólicas, exibindo a programação da cabeça de rede para todas as antenas analógicas e digitais. Os dois sinais devem ser mantidos, uma vez que ainda é baixa a adesão de receptores digitais em todo país. Em alguns horários locais, o SBT nas parabólicas exibe infomerciais, sendo de segunda a sexta (13h45 as 14h20), sábados (12h30 as 14h15) e domingos (09h as 11h). No horário noturno local que até pouco tempo era exibido o seriado “Chaves”, atualmente é ocupado pelos capítulos das novelas mexicanas em cartaz. O sinal é aberto em praticamente todos os receptores, respeitando a programação local, quando disponível.

A RedeTV! Informou através da sua assessoria de imprensa que a emissora tem cobertura de 100% do território nacional, grande parte devido as parabólicas analógicas e digitais e de que continuará com os dois sinais abertos, não tendo como política o bloqueio de sinal de satélite, mesmo onde possui afiliadas. Em algumas praças, o cliente da antena receptora pode optar pela programação regional, desde que ela esteja disponível. A RedeTV! exibe integralmente a programação de São Paulo para o satélite.

As assessorias de imprensa da RecordTV e da Band foram também procuradas pelo BastidoresDaTV, mas após consulta interna, comunicaram que as emissoras não forneceram as informações solicitadas. Em consulta com leitores da coluna, que possuem parabólicas em suas residências, verificou-se que a Band normalmente exibe propagandas ou infomerciais, de segunda a sexta (12h30 as 15h) e sábados e domingos no período matutino. O Grupo Band também mantém o canal “Terra Viva”, que pode ser sintonizado nas antenas parabólicas e TVs pagas via satélite. Já a RecordTV, exibe a mesma grade de São Paulo para o seu sinal via satélite. Gazeta e Record News também dependem muito das antenas parabólicas para cobertura em todo território nacional.

80% das cerca de 22 milhões de antenas parabólicas, ainda são analógicas no Brasil. Telespectadores possuem entre 23 e 40 canais gratuitos disponíveis em suas residências. Número varia da posição das antenas, tecnologia e localização. Audiência das parabólicas ainda é pouco solicitada pelo mercado. Ibope tornou pública apenas uma pesquisa na última década.

Outro dado que merece ser destacado é o período eleitoral, de 2 em 2 anos. Normalmente, os espaços ocupados localmente pelo “Horário Eleitoral Gratuito”, possuíam programação alternativa na maioria das emissoras via parabólicas que eram obrigadas a transmitirem apenas a propaganda eleitoral para Presidência da República. Esses horários, desde 2016 reduzidos pelo TSE, eram utilizados para exibição de infomerciais e até de reprises em algumas redes de TV com sinais abertos no satélite. Atualmente, o Tribunal Superior Eleitoral também proíbe a exibição de propaganda eleitoral regional via parabólicas com sinais abertos nacionais. A recomendação é que se ocupe a tela com os dizeres: “Horário Eleitoral Gratuito”.

Siga: JÚLIO CÉSAR FANTIN

Twitter: @jcfantin

Facebook: @eusouojulio

Instagram: @juliocesarfantin

Júlio César Fantin

Trabalhou em empresas de comunicação como SBT SC, Band SC e Regional FM. Criou o site Portal G e o portal Ouvintes. É colunista de TV desde 2012. Atua no BastidoresDaTV, desde janeiro de 2015. colunajuliofantin@gmail.com

Pin It on Pinterest