Fim do namoro ou especulação? SBT e Disney ainda não decidiram futuro da parceria

Sempre que há uma tratativa para renovação ou não de um contrato com grande impacto de mercado, principalmente entre duas grandes empresas, nos bastidores surgem muitas especulações. Dentro deste contexto, SBT e Disney estão definitivamente com a parceria que já dura três anos encerrada no final deste mês, como destacam diversos portais nesta segunda (13)? O Bastidores da TV consultou a assessoria de imprensa do SBT, no final da tarde desta segunda (13). A emissora nega que já há uma decisão final sobre o acordo entre as duas empresas para uma renovação ou o fim dela. “As negociações continuam e qualquer decisão oficial só será divulgada no final de agosto”.

Fazendo uma breve análise das negociações e as notas publicadas nos últimos 30 dias pela imprensa, sobretudo em um conceituado portal de internet, alguma informação não parece coerente. Em julho, o portal alerta: “Disney provoca preocupação em Silvio Santos”. Sem os milhões pagos pela Disney ao SBT, a emissora poderia entrar em colapso? A nota faz um alarde das consequências de um fim de contrato.

Dias depois o destaque é outro: “Disney apresenta proposta para renovação no SBT”. Opa, se a suposta proposta existiu, a Disney teoricamente acabou com as preocupações financeiras de Silvio Santos, pois sinalizou ter interesse na renovação do acordo. Mais alguns dias se passaram e uma nova nota é publicada, desta vez destacando uma suposta condição de “sociedade” para que o acordo seja celebrado. Evidentemente que tal cláusula divulgada foi negada pelo SBT e que tal informação gerou especulações no mercado midiático.

Curiosamente, em meio ao tao noticiado entrave, o SBT e a Disney estrearam em horário nobre uma ousada parceria, a série “Z4”, com bons índices de audiência na faixa das 22h. O “Mundo Disney” também passou a exibir a segunda temporada de uma das suas atrações de maior destaque. Tudo indicava que o relacionamento entre as partes nunca andava tão bem. Porém, do nada, o SBT (emissora que estaria desesperada com o fim do contrato), não teria aceitado os termos da proposta. Logo, o portal destacou no domingo (12), que o SBT já preparava sua grade para um eventual fim de contrato. Um dia depois, a confirmação: “não houve acordo”.

Conclusão: Se o SBT ficou tão preocupado com o fim da parceria, devido ao alto valor do contrato; e a Disney apresentou sua proposta de renovação (o que demonstra interesse), não parece coerente que o SBT não aceite a suposta proposta da Disney. Por outro lado, se não fosse de interesse da Disney, por qual motivo ela teria apresentado a proposta? Se há ou não uma campanha de bastidores orquestrada e entraves a serem resolvidos entre as partes, só saberemos de forma oficial nos próximos dias. Com todo respeito aos colegas de imprensa, há algo contraditório em toda essa novela. Por fim, a Disney de 2015 já não é mais a mesma de hoje. A adição de outras importantes e cobiçadas empresas ao seu portifólio, certamente criaram um novo panorama, com jogo de interesses que ultrapassa a venda de duas horas diárias da programação de uma emissora de TV aberta em solos brasileiros.

Siga: JÚLIO CÉSAR FANTIN

Twitter: @jcfantin

Facebook: @eusouojulio

Instagram: @juliocesarfantin

Júlio César Fantin

Trabalhou em empresas de comunicação como SBT SC, Band SC e Regional FM. Criou o site Portal G e o portal Ouvintes. É colunista de TV desde 2012. Atua no BastidoresDaTV, desde janeiro de 2015. colunajuliofantin@gmail.com

Pin It on Pinterest