Pela 7ª vez, Silvio Santos ataca novamente

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

A decisão de última hora de Silvio Santos surpreendeu, mais uma vez. O dono do SBT parece tirar da cartola algumas mágicas para a sua programação, como se fossem as “salvadoras da pátria”. É um costume. E nós que já presenciamos isso várias vezes ainda não nos acostumamos.

A partir da próxima segunda, a sétima reprise de “A Usurpadora” entrará na programação do SBT. Antes uma novela de sucesso, a partir do próximo dia 7, ela será oficialmente o segundo coringa da emissora. A trama protagonizada por Gabriela Spanic entrará no ar a partir das 13h. A missão da trama é resgatar a vice-liderança, que há anos está nas mãos da Record com o “Balanço Geral”, e mais agora com o quadro “Hora da Venenosa”, com a jornalista Fabíola Reipert. O quadro da Record alcança boa média nos seus primeiros 15 minutos, e quando o “Fofocando” entra no ar, minutos depois, fica quase impossível alcançar o concorrente. São os números e as suas mágicas. Com “A Usurpadora”, o SBT espera elevar os índices do “Fofocando”, exibido a partir das 14h15.

Não dá para afirmar que a estratégia do SBT não vai dar certo, mas estratégias parecidas já foram colocadas em prática e não deu certo, como o primeiro horário de novelas do SBT na faixa da tarde, que começava entre às 14h00/14h15. Por coincidência a faixa era de reprises. Não deu certo. Com a chegada do “Fofocando”, Silvio Santos mudou o programa de horário pelo menos duas vezes, das 14h15 às 15h15, depois das 13h45 às 14h15 e depois voltou ao primeiro horário. Resultado: não deu certo.

Agora, mais radical, Silvio espera convencer um público específico, e que não costuma assistir novelas no horário, a acompanhar a partir das 13h, um dramalhão mexicano. Há menos de 5 anos, a faixa das 13h00 era dedicada a séries americanas, como “Um Maluco No Pedaço”, As Visões da Raven”, Eu A Patroa e As Crianças”, “Chaves”, e “Chapolin”, o último já foi questionado por uma legião de fãs pelo fato de ainda não ter voltado ao ar: “Se ‘A Usurpadora’ vai voltar, o ‘Chapolin’ não volta por qual motivo?”.

Uma geração acostumada a assistir “X Men – Evolution” não vai perder tempo para acompanhar as aventuras do “Kung Fu Panda”. A geração que costumava acompanhar as séries citadas vai parar para assistir a sétima reprise de “A Usurpadora”?

O “Fofocando” merece investimento, merece um cenário próprio, merece Leão Lobo e Mamma Bruschetta e fim. Podem escrever, se continuar do jeito que está o “Fofocando” sairá do ar no ano que vem.

Como toda a novidade de Silvio Santos, sempre é possível tirar algo de bom. O “SBT Notícias”, um dos grandes acertos da programação será exibido também nas madrugadas de sábado e domingo. É uma vitória das grandes para o jornalismo da emissora. Serão mais de 30 horas de jornalismo nas madrugadas do SBT de segunda a segunda.

X

Pin It on Pinterest

X