Após ter novela cancelada, autora da Globo afirma: “Vida que segue”

Duca Rachid e Thelma Guedes. Foto: Globo/João Miguel Júnior
Duca Rachid e Thelma Guedes. Foto: Globo/João Miguel Júnior

A autora Thelma Guedes comentou o cancelamento de “O Homem Errado”, que marcaria sua estreia ao lado de Duca Rachid no horário nobre da Globo, em conversa com a jornalista Giselle de Almeida. Responsáveis por vários sucessos na emissora, como “Cama de Gato” e “Cordel Encantado”, a dupla foi pega de surpresa pela notícia.

“A gente ficou sabendo que foi cancelado, mas mais detalhes só com o departamento de comunicação da Globo. Porque a gente não tem detalhes, a gente estava fazendo o projeto. Isso é normal, faz parte do nosso trabalho, a gente está lá para oferecer nossas ideias. Às vezes não dá certo, isso é normal. Com a gente não tinha acontecido, aconteceu agora. A gente vai apresentar outras ideias, outras sinopses, isso é o que não falta para a gente”, afirmou a escritora ao UOL.

A trama tinha previsão para estrear no segundo semestre de 2017, após “À Flor da Pele”, de Gloria Perez, “O Homem Errado” já estava em fase de escalação de elenco e tinha Cauã Reymond cotado para viver o protagonista, segundo o colunista Flávio Ricco.

No entanto, Thelma afirma que o cancelamento do projeto num estágio tão avançado é normal. “A novela só ia ao ar daqui a um ano, a gente sempre reforçava isso. Era um projeto ousado, um thriller. Mas normal, vida que segue”, disse.

A dupla de autoras já tem na manga outros projetos mais antigos, mas quer recomeçar do zero. “Vamos começar uma coisa nova. A gente promete que vem coisa boa aí”, garante.

Em comunicado, a Globo afirma que o planejamento de longo prazo de suas novelas é para facilitar decisões de produção. “Mas a escolha definitiva dos projetos só se dá mais perto e os motivos pelos quais confirmamos ou mudamos a decisão sobre os projetos são absolutamente estratégicos e internos”, diz a nota.

X

Pin It on Pinterest

X