Gugu Liberato exige “supersalário” para renovar com a Record e provoca impasse

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Gugu Liberato está magoado com algumas atitudes da Record. Você pode escutá-lo falando que seu relacionamento com a emissora de Edir Macedo é boa, mas quando alguém promete alguma coisa e não cumpre, você deixa de confiar tanto quanto antes. Isso é natural. Vocês se lembram que para Gugu voltar a Record, ele pediu que o seu programa fosse produzido pela sua produtora, a GGP. E, em conversa com a alta cúpula da casa, ficou acertado que alguns programas da casa também seriam produzidos pela GGP, como o “Programa da Sabrina“, o “Hora do Faro“, o “Domingo Show“, e agora, o “Programa do Porchat“. Isso não aconteceu.

O contrato que vigora entre as duas partes é de divisão de despesas e lucros. Gugu é uma das maiores audiências da emissora, e enquanto precisa dividir lucros, outros apresentadores tem os seus salários fixos e sem maiores preocupações. Pois bem, chegando próximo do fim do contrato, as partes voltaram a se falar e Gugu, para não ficar atrás, pediu um gordo salário fixo para ele não ficar se preocupando com despesas ou correr atrás de anunciantes. A direção da Record, no entanto, resiste em relação a isso. São informações do site “Notícias da TV”.

Para a Record, esse tipo de contrato a deixa “refém” do apresentador, que deixou os domingos da emissora no meio da briga pela vice-liderança contra a Eliana, do SBT. Se não chegar a um acordo, a ideia dos diretores é colocar Geraldo Luís no lugar de Gugu, as quartas.

Nós informamos sobre os estudos que a Record fez para mudanças na programação de 2017, e agora, tudo começa a entrar nos trilhos.

X

Pin It on Pinterest

X