Pela primeira vez após internação, Maguila fala sobre doença degenerativa

Foto: Artur Igrecias/RedeTV!
Foto: Artur Igrecias/RedeTV!

No “Superpop” desta segunda-feira (24), Luciana Gimenez entrevistou no palco do programa o ex-boxeador Maguila. Após passar mais de dois anos internado, ele falou sobre a Encefalopatia Traumática Crônica, doença cerebral que afeta principalmente pessoas com histórico de lesões constantes na cabeça. O médico Renato Anghinah, que diagnosticou a doença em Maguila, também esteve para falar sobre a luta do campeão contra a síndrome.

Com otimismo e bom-humor, Maguila disse: “Sou brasileiro, lutador. Não desisto nunca e estou sempre acreditando que vamos melhorar um dia. O que não pode é desanimar”.

Segundo Dr. Renato, o ex-atleta passou cerca de dois anos e meio se alimentando por sonda, já que estava com problemas de deglutição. Agora, podendo comer normalmente, a apresentadora questionou Maguila sobre o que ele sentia mais vontade de comer e a resposta foi certeira: “Feijoada!”. “Sábado comi uma feijoada até encher ‘o bucho’ mesmo”, respondeu.

Lembrando-se dos tempos do boxe, Maguila contou por que adotava a abstinência sexual antes das lutas: “Ficava sem ‘saliência’ por 15 dias, senão eu apanhava”, disse o lutador, explicando que o sexo relaxa os músculos e tira a força e a resistência das pernas.

X

Pin It on Pinterest

X