Seleção Brasileira esnoba a Globo e, irrita Galvão Bueno

Foto Reprodução / TV Globo
Foto Reprodução / TV Globo

Ontem foi ao ar em diversos canais de TV, a partida de futebol masculino entre Brasil e Iraque , valendo pela Rio 2016, que apesar do empate foi considerado um jogo vergonhoso.

Com os nervos à flor da pele, os jogadores da seleção brasileira se recusaram a falar com a Globo , que por sinal é a única emissora de TV aberta a ficar esperando a saída da equipe. Logo depois de ter esnobado a ‘toda poderosa’ , Galvão Bueno despejou um ‘monte’ de críticas em cima dos meninos : “As milhões de pessoas que estão em casa têm direito, sim, de ouvir. O seu ídolo, o seu jogador, aquele que joga com a camisa da seleção brasileira. É feio, muito feio, não é profissional, não é ético e não é correto, sair de campo o time inteiro e se negar a falar. Alguém tinha que assumir e falar” disparou o narrador.

Galvão chegou a citar o ex-tenista Guga como exemplo: “Quantas vezes você perdeu? Normalmente se perde mais do que se ganha. Mas se negou a falar?”, questionou.

Guga logo respondeu o narrador global: “Acho que nunca na minha vida, porque na derrota também tem coisas boas para falar. E nas derrotas é que a gente acorda no outro dia e melhora”.

Tentando minimizar a situação, o ex-jogador Ronaldo falou : “Acho que eles vão falar depois de tomar banho, esfriar a cabeça, são jogadores jovens, é de praxe”.

 

 

 

 

Wendel Correia

Jornalista. Apaixonado por TV e colunista do Bastidores da TV, Wendel abrange uma linguagem moderna em suas reportagens. Twitter: @blogdowendel1

X

Pin It on Pinterest

X