Wagner Moura diz que Vladimir Brichta ia para a escola vestido de menina

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Vladimir Brichta foi homenageado no “Arquivo Confidencial”, exibido no “Domingão do Faustão”, na noite deste domingo (18) na Globo. Amigos do ator, Wagner Moura e Lázaro Ramos foram ao programa contar histórias engraçadas sobre Vladimir.

“Vlad foi menina até os cinco anos. A mãe de Vlad teve a irmã dele e depois queria que ele fosse outra menina. E Vlad era ‘loura’ e era um menino muito bonito. A mãe dele o vestia com roupinhas de menina e ele ia para a escola com roupinha de menina.Isso é uma coisa que ele está trabalhando nele ainda, mas de alguma forma ele já superou”, brincou Wagner Moura.

“Eu preciso dizer que só fui de vestido uma vez e voltei de short. Minha mãe botou o vestido, mas também colocou uma muda de roupa para o caso de eu não aguentar o tranco. Eu não aguentei o bullying”, explicou Vladimir.

Já Lázaro Ramos contou que o amigo é “frouxo”. “Você sabe que não dá pra falar só da parte bonita, tem que falar dos defeitos também. Quando a gente foi fazer ‘A Máquina’ em São Paulo, resolvemos que iríamos fazer natação. E aí você está com seu amigo forte, você se sente protegido, né. Nós não conseguimos fazer a aula de natação e começamos a andar na rua. De repente, eu vi Vlad correndo. Depois eu tomei um soco de um bandido de rua e Vlad ao invés de me defender me deixou abolutamente sozinho. Ele corria, corria, corria”, disse Lázaro Ramos, arrancando gargalhadas da platéia. “Me abandonou e eu faço sempre questão de falar isso dele. Ele é bonitão, é fortão, mas é frouxo. É um dos cabras mais frouxos que vocês podem conhecer na vida”, brincou.

X

Pin It on Pinterest

X