Zezé Di Camargo rebate matéria exibida na Record TV: “Sensacionalismo”

Zezé Di Camargo usou sua conta no Instagram no início da noite deste domingo (16) para mais um desabafo. Mas dessa vez o recado não era para esclarecer nenhum problema familiar no clã dos Camargo, e sim uma reportagem exibida mais cedo pelo “Domingo Show”, comandado por Geraldo Luís, na Rede Record.

“Hoje um programa que vive de sensacionalismo (vide suas reportagens) levou uma pessoa que cantou comigo há uns anos atrás. Comecei a cantar com esse rapaz ainda criança. Tinha 13 anos. Ele é mais velho que eu, 11 anos. Já ajudei tantas pessoas na vida que nem conheço. Jamais deixaria de ajudar uma pessoa que teria me feito tão bem, como deixou transparecer a reportagem”, escreveu Zezé no desabafo.

O cantor sertanejo continuou. “Esse moço me fez tanto mal, que foi o que me obrigou a criar a coragem e vir para São Paulo. Voltando aos ditados populares: tem mal que vem para o bem. Não vou ficar aqui escrevendo tudo o que aconteceu porque seria exaustivo e não vale a pena. Só uma de muitas que vou dizer aqui. Sabem porque uso o nome Zezé Di Camargo? Porque um ano antes de eu sair da dupla, ele registrou a patente Zazá e Zezé em nome dele, sem eu saber. Resumindo: ele me tomou o nome. Por isso tive que usar o Di Camargo.”

“Não julgue o coração de quem faz cara feia, como também não julgue o coração de quem faz cara de bonzinho, coitadinho”, explicou o cantor, esclarecendo o motivo de hoje não ajudar o ex-parceiro que está passando por dificuldades.

Foto: Reprodução/Instagram

O programa da TV Record comandado pelo apresentador Geraldo Luis foi atrás de Zazá, que formava dupla com Zezé Di Camargo no início dos anos 80 e chegou a gravar três discos com o cantor. Na reportagem, o ex-parceiro de Zezé mostrou que hoje passa por um momento difícil e vive de doações de amigos.

“Cantar em dupla é mais difícil que casamento”, disse o cantor ao receber Geraldo Luis em um quarto em que mora de favor. Durante toda a reportagem, Zazá contou histórias do passado que deram a entender que ele ajudou muito Zezé no início da carreira. O cantor é 11 anos mais velho que o ídolo da música sertaneja e os dois trabalharam juntos por 12 anos. “Nós nunca brigamos”, chegou a dizer Zazá na reportagem.

Foto: Reprodução/TV Record

O músico, no entanto, se esqueceu de contar que chegou a perder uma ação que moveu contra Zezé na época do lançamento do filme “Dois Filhos de Francisco”, em 2010. Ele pediu R$ 5,5 milhões por ter sua história contada no filme “de maneira equivocada”, o que teria prejudicado a sua carreira.

De acordo com o portal “UOL”, em 2005, Zazá também chegou a mover uma ação contra Zilu Camargo, que na época ainda era casada com Zezé, alegando que sua carreira tinha sido prejudicada por ela declarar em uma entrevista que ele havia morrido.

Pin It on Pinterest