Ex-BBB se torna réu em processo e pode pegar oito anos de prisão

Foto: Globo/Paulo Belote
Foto: Globo/Paulo Belote

A Justiça do Paraná aceitou a denúncia do Ministério Público do Paraná (MP-PR) contra o ex-BBB Laércio de Moura, que participou da última edição do reality show da Globo. A informação foi confirmada por Ronaldo Manoel Santiago, advogado do designer de tatuagem ao site Ego nesta terça-feira (12).

Laércio está preso desde o dia 16 de maio na Casa de Custódia de Curitiba acusado de estupro de vulnerável e tráfico de drogas. Sobre esta última acusação, o advogado pondera: “A princípio, diz que na denúncia também tem oferecimento de bebida alcoólica. Agora, a menina já era usuária de drogas e bebia antes de conhecer ele”.

O advogado avalia ainda que Laércio pode pegar, no mínimo, oito anos de prisão. “Estamos tentando que ele responda (o processo criminal) em liberdade. Nos próximos atos, vamos tentar entrar com habeas corpus”, disse.

Ronaldo afirmou ao Ego que conversou com Laércio há cerca de 15 dias e que ele segue alegando inocência. “Ele está tranquilo. Ele alega inocência. Na verdade, ele não fez o que a denúncia diz que fez”, afirmou.

X

Pin It on Pinterest

X