Fã agredido por Justin Bieber pode processar cantor

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O jovem Kevin Ramírez, de 18 anos, que foi agredido pelo cantor Justin Bieber, lamentou o ocorrido ao ser entrevistado por uma rádio de Barcelona, nesta quarta-feira (23). A agressão aconteceu no dia 22 de novembro, quando o rapaz seguiu o astro que estava dentro de um carro pouco antes de um show.

O artista canadense não gostou de ver o fã colocar a mão nele dentro do carro e acabou dando um soco na boca da vítima. Um vídeo que mostra o ataque se tornou viral em redes sociais. Apesar de ter ficado ferido, o tiete admitiu que não deixou de ser fã do astro canadense.

“Depois do soco, eu não fui ao show (de Justin Bieber). Veio (para cima do jovem) uma avalanche de gente, tanto paparazzi quanto policiais. Fui para minha casa e fiz o que tinha que fazer”, disse Ramírez, que mora no município de Mataró, em Barcelona. “Sigo sendo seu fã como cantor”, admitiu.

Para Ramírez, ao se aproximar do astro, eles iriam apertar as mãos. “O carro (de Justin) não se afastou, não levantou a janela. Eu pensei que poderia apertar as mãos dele. Pensei que poderíamos nos saudar”, contou. “Ele, sim, que me tocou. E bem tocado”, disse o espanhol, que ficou com a boca sangrando após levar um soco do cantor. “Como fã que sou dele, foi um grande desgosto para mim”, considerou.

Ao ser questionado sobre se iria processar o astro, o rapaz fez mistério: “Prefiro não falar sobre isso”. De acordo com o jornal britânico The Mirror, o advogado do rapaz está planejando procurar a Justiça para lidar com o caso. Ramírez se recupera bem. Segundo as autoridades locais, cabe ao rapaz procurar uma delegacia, caso queira começar uma ação legal.

X

Pin It on Pinterest

X