“Hipster da Federal” nega ter infringido normas da Polícia Federal

Foto: Record/Antonio Chahestian
Foto: Record/Antonio Chahestian

O policial federal Lucas Valença, que ficou conhecido pela apelido de “Hipster da Federal”, falou sobre a possibilidade de responder processo administrativo na Polícia Federal por conceder entrevistas sem a autorização da instituição, infringido assim normas internas da corporação.

Nesta segunda-feira (24), Lucas participou dos programas “Encontro”, da Globo, e do “Programa do Porchat”, da Record, além de participar de um ensaio para o site Ego. Em ambos os casos, ele alega ter falado na condição de cidadão que despertou interesse por sua beleza, e não como policial.

“Lucas Valença é agente de Polícia Federal e ganhou notoriedade em razão da aparição na imprensa durante operação policial de grande repercussão. Ao ser chamado pra dar entrevista em canal de televisão de âmbito nacional, Lucas Valença não foi chamado enquanto representante da instituição, mas sim na condição de cidadão que possui interesse da sociedade em razão da sua beleza estética. Lucas reitera, assim como fez na entrevista, todo o seu respeito com a Instituição Policial Federal e, principalmente, em relação às investigações protagonizadas por nossos profissionais, sempre protegidas pelo sigilo e confidencialidade. Continuaremos construindo a Polícia Federal que a sociedade confia com muito zelo e responsabilidade”, divulgou através de sua assessoria de imprensa.

X

Pin It on Pinterest

X