Ladrões queriam joias ostentadas por Kim Kardashian em redes sociais

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A polícia francesa deu início nas investigações sobre o assalto sofrido pela socialite americana Kim Kardashian, de 35 anos, na noite deste domingo (2), em Paris. Para a polícia local, os criminosos podem ter tido ajuda de seguranças para ter acesso ao quarto da celebridade e estavam atrás dos pertences de luxo ostentados pela morena em redes sociais. No crime, a famosa perdeu mais de 10 milhões de dólares em joias.

De acordo com o jornal britânico The Telegraph, o incidente com a socialite foi considerado “extremamente raro” e os criminosos estavam focados “em posses (de Kim) que tinham sido vistas em mídias sociais”. Quatro dias antes do assalto, Kim havia postado uma foto em seu perfil no Instagram, na qual aparece com uma aliança de diamantes e “grills” de ouro nos dentes. Para os investigadores, os pertences podem ter despertado a cobiça dos bandidos.

“A polícia suspeita que os cinco ladrões tiveram contato com a segurança de Kim e receberam dicas. Eles sabiam que não havia segurança (com ela dentro do quarto na noite do roubo). Tudo que eles tinham que fazer era entrar em contato com alguém do hotel. Eles estão falando com guarda-costas que estiveram com ela antes”, disse uma fonte à coluna Page Six, do jornal The New York Post.

X

Pin It on Pinterest

X