Ônibus da dupla Antônio Carlos e Renato foi incendiado por questões políticas

(Foto: Reprodução/Site da dupla Antônio Carlos e Renato)
(Foto: Reprodução/Site da dupla Antônio Carlos e Renato)

A dupla Antônio Carlos e Renato sofreu um atentado em Ribeirão das Neves, região metropolitana de Belo Horizonte, na noite desta quarta-feira, 28 de setembro. O ônibus da dupla foi encendiado e tudo leva a crer que o motivo pode envolver questões políticas.

De acordo com o site “EGO”, por volta das 22h30, o motorista do ônibus estava no veículo quando foi abordado por suspeitos com uma arma. “Ele não teve nada, não bateram nele. Mostraram revólver e ele saiu correndo”, contou Antônio Carlos. O prejuízo foi avaliado em cerca de R$ 200 mil. Segundo o sertanejo, o veículo era novo.

(Foto: Reprodução/YouTube)
(Foto: Reprodução/YouTube)

O sertanejo acha que o atentado tenha sido provocado por causa da sua candidatura à prefeitura de Ribeirão das Neves. “Andei contra um grupo de mais de dez vereadores e denunciei algumas licitações que achei que eram fraudulentas. Nunca andei com segurança, mas hoje estou andando de carro blindado. Há um mês, vieram dois motoqueiros e tentaram me intimidar. Semana passada, ao lado de um banco, dois motoqueiros tentaram uma certa intimidação de novo. Sinto que estamos incomodando”, afirmou, e chegou a defender o seu companheiro de trabalho. “Renato não tem nada com isso”. Renato, claro, sofreu o mesmo prejuízo, afinal o ônibus era da dupla.

Antônio afirma que não está com medo das ameaças. “Não estou com medo. Estou com mais vontade de ganhar, não vou me acovardar, não tenho medo de nada. Deus na frente de tudo”, afirmou.