Coluna: Afiliadas trocam SBT por Record e Band e a audiência desaba

Coluna 56 - BastidoresDaTV.com.bt
Coluna 55 – BastidoresDaTV.com.br

O SBT nasceu há 35 anos, já na vice-liderança. Quando Edir Macedo adquiriu a Record, começou um longo caminho para chegar a liderança de audiência, em todo Brasil, algo que não passou de utopia até hoje. Para chegar na vice, a Record investiu em formatos e artistas da Globo e SBT, mas foi devido a fragilidade da grade voadora do SBT, no início dos anos 2000, que a Record viu a oportunidade de chegar mais perto da liderança, com maior facilidade, apenas pulando um obstáculo. A emissora tirou diversas afiliadas importantes do SBT. Isso fez com a audiência nacional da Record fosse impulsionada, deixando o SBT na terceira posição, durante muitos anos. Somente depois de 2012, as duas emissoras voltaram a disputar a vice ponto a ponto, com maior igualdade. E foi justamente com a retomada da vice nacional pelo SBT e as mudanças na grade da Record, que algumas afiliadas começaram a ensaiar um retorno. Outrora, não foi só a Record que beliscou a emissora de Silvio Santos. Algumas afiliadas deixaram o SBT de mão e passaram a retransmitir a programação da Band. Hoje, a Record tem uma grade mais frágil e a Band passa por uma crise interna, deixando até de ser parceira da Globo no futebol. O SBT, atualmente, mantém uma leve vantagem na segunda colocação e muito se deve ao retorno de afiliadas como a TV Jangadeiro, uma das maiores médias da emissora, em todo país.

pixiz_20161027_025655_j14e-1

Nordeste
Depois de diversas afiliadas do Nordeste trocarem o SBT pela Record, a Band também atacou. Em abril de 2012 foi a vez da Band assumir a TV Jangadeiro, no Ceará, Para se ter uma ideia do prejuízo que o SBT teve com a mudança da TV Jangadeiro, em janeiro de 2012, das 7h à 0h, no Ceará, a TV de Silvio Santos obteve 8,1 pontos de média no ibope. Já em janeiro de 2013, a média sem a Jangadeiro caiu para 2,6 pontos. Até pouco tempo atrás, o SBT teve que operar em UHF, pela Nordestv, emissora do mesmo grupo Jangadeiro. Em contrapartida, a Band passou de 0,5 ponto no Ceará em janeiro de 2012 para 4,6 pontos no mesmo mês de 2013 – um crescimento de mais de 750%. Mesmo assim, anos após a troca de bandeiras, com a melhora do SBT no cenário nacional, a Nordestv passou a transmitir o sinal da Band e a TV Jangadeiro retornou a bandeira do SBT, em 01 de agosto, do ano passado. Mesmo em UHF, no último dia tendo como afiliada a NordesTV, na sexta-feira (31/07), a emissora de Silvio Santos teve média diária de 4.7 pontos em Fortaleza, ficando pouco à frente da Record/ TV Cidade, que garantiu 4.4 pontos e, da Band/ TV Jangadeiro, que conquistou 4.2 pontos. Já no primeiro dia com a nova afiliada o canal de Silvio Santos já teve melhores índices em Fortaleza. No sábado (01), o SBT/TV Jangadeiro fechou com 6.2 pontos na média-dia (7h/0h). A Record/TV Cidade 4.8 e a Band – agora tendo a NordesTV como afiliada – marcou 1.7 ponto. Em junho deste ano, a Jangadeiro/SBT alcançou impressionantes 10 pontos na média-dia em Fortaleza, vice isolada e com vários momentos e programas na liderança, atingindo mais do que o dobro da terceira colocada.

Troca de Band por SBT fez bem para a Jangadeiro no Ceará
Troca de bandeiras fez Jangadeiro desabar com a Band e dobrar audiência com a volta ao SBT.

Já em Sergipe, o SBT está presente apenas com o canal UHF 50, que transmite o sinal do SBT Pará, desde 2007, quando a Record entrou na TV Atalaia, que pertence a mesma família dona da TV Sergipe, afiliada da Globo. Uma nova concessão foi lançada, mas até o momento não há definição de quando a nova emissora que poderá transmitir o SBT ou qualquer outro canal, entre no ar. Outra vítima dos ataques da Record foi a TV Pajuçara de Maceió. O SBT chegou a ficar 7 meses fora do ar, até assinar com a TV Alagoas, que desde junho ganhou o nome de TV Ponta Verde. Em 2009, a afiliada surpreendeu ao romper com o SBT e transmitir a programação da Igreja Mundial. Meses depois, após pressão dos telespectadores e pela baixa audiência, a parceria com o SBT é retomada. Na capital alagoana, a pesquisa de audiência é semestral. Na última rodada da Kantar Ibope, divulgada em julho, a TV Ponta Verde/SBT aparece na vice-liderança, das 6 as 0h, desbancando a afiliada da Record.

Afiliada do SBT em Alagoas assume a vice em 2016
Afiliada do SBT em Alagoas assume a vice em 2016

Norte

Em Manaus, a TV A Crítica deixou o SBT em agosto de 2007, passando a transmitir a Record. Desde o início, a audiência desabou. A TV Em Tempo passou a transmitir o sinal do SBT, conseguindo ampliar seus índices de audiência e conquistando a vice isolada. Em dezembro de 2015, por exemplo, a afiliada do SBT conquistou 8,6 pontos, mais do que o dobro da afiliada da Record, na média-dia. A emissora está entre as maiores audiências da rede de Silvio Santos.

TV Em Tempo se dá bem ao assinar com o SBT, após A Crítica assinar com a Record
TV Em Tempo se dá bem ao assinar com o SBT, após A Crítica assinar com a Record.

Sul
Um dos casos mais emblemáticos ocorreu em Santa Catarina, em 2007. A Rede SC (RICTV), abandonou o SBT para transmitir a Rede Record. O canal próprio da Record em Florianópolis passou a transmitir a Record News e o SBT passou a ser transmitido pelo SCC, hoje SBT SC. A emissora sediada em Lages, transmitia a RedeTV! e após alguns anos retornou a integrar a rede de Silvio Santos. A afiliada foi a primeira a formar o SBT, há 35 anos. Em 2007, a afiliada Rede SC/SBT, disputava a liderança em diversos horários. Em Florianópolis, com a mudança, o SBT passou a ser transmitido em UHF. Somente com a implantação do sinal digital e com fortes investimentos em novos estúdios e contratações, na capital catarinense, o SBT SC começou a esboçar reação frente a Ric/Record, que além de ocupar a antiga faixa do SBT, também detém diversas emissoras espalhadas no Estado. Uma reviravolta começou. A sede da RIC Record foi atingida por um incêndio em Florianópolis e a programação nacional da Record não foi forte o suficiente para manter os altos índices da programação do SBT, em todo Estado. Em dados recentes da Kantar Ibope, o SBT SC aparece na vice-liderança isolada em Lages, Criciúma, Chapecó e Joaçaba. Em Lages é líder das 6 as 12h. Já em Joinville e Blumenau, a emissora consegue a vice em diversos horários, sobretudo na média-dia de domingo. Algumas novelas da tarde chegam a liderança na maior cidade catarinense. Em Florianópolis, a briga pela vice, hoje ocorre nas casas decimais. No Ibope 24h, a emissora foi vice em junho, agosto e setembro deste ano. O SBT Santa Catarina conquistou a vice-liderança, na média das 24h, de segunda-feira a domingo, na Grande Florianópolis, no último mês. A emissora alcançou uma participação média de 7,99%, contra 7,71% da Record e 2,82% de share da Band. Os bons desempenhos na Capital de SC começam a ajudar no PNT. A diferença entre Record e SBT caiu muito nos últimos meses, na região metropolitana. E só não é mais favorável ao SBT, pela emissora ter apenas uma geradora para atender todo o Estado, com uma mesma programação. Mesmo estando em UHF na Capital, a emissora consegue disputar a vice com a concorrente. A Band SC, também se enfraqueceu com os investimentos de SBT e Record.

SBT SC conquista a vice nas 24h na Grande Florianópolis e em outras importantes cidades de SC. Troca de emissora não fez muito bem para a RIC ( Rede SC).
SBT SC conquista a vice nas 24h na Grande Florianópolis e em outras importantes cidades de SC. Troca de emissora não fez muito bem para a RIC (antiga Rede SC).

Sudeste
Uma das grandes perdas do SBT foi a TVB, para duas de suas concorrentes. A TVB Santos passou a transmitir a Band em 31 de março de 2011 e desde 2015, a emissora extinguiu seu departamento de jornalismo. Já a TVB Campinas se afiliou a Record, desde fevereiro de 2011. Ao SBT restou um contrato emergencial com a VTV, com sede em Santos e estúdios também em Campinas. A nova afiliada transmitia a RedeTV! e é sintonizada em UHF, o que fez o SBT perder audiência nas duas cidades paulistas, sobretudo em Campinas, onde alcança a vice apenas com alguns programas a tarde e a noite, desde a troca de afiliadas. Resta saber se ao implantar o HD, a emissora brigará mais fácil pela vice, como ocorreu em outras emissoras UHF que transmitem o SBT. A cidade é importante na média nacional, pois faz parte do PNT, com audiência diária. Em Santos, a audiência da VTV/SBT foi menos prejudicada, principalmente com a implantação do sinal digital. A pesquisa na baixada santista é semestral. Equipes de jornalismo na região de Santos e Campinas fazem em conjunto os noticiários. A VTV/SBT está em 63 cidades paulistas, que atingem juntas 6 milhões de telespectadores.

TVB deixou SBT na mão em Campinas e Santos. VTV teve que buscar seu espaço, mesmo em UHF.
TVB deixou SBT na mão em Campinas e Santos. VTV teve que buscar seu espaço, mesmo com sinal em UHF.

Cobertura nacional 

De acordo com os sites das emissoras, atualmente, a Globo tem 124 emissoras, o SBT 114, a Record 108, a Band 65 e a RedeTV! 40 emissoras em rede.

 

Siga:

Twitter: @jcfantin

Facebook: @julioportalg

Instagram: @juliocesarfantin

Júlio César Fantin

Trabalhou em empresas de comunicação como SBT SC, Band SC e Regional FM. Criou o site Portal G e o portal Ouvintes.

X

Pin It on Pinterest

X