Coluna: Patrícia Abravanel tem muito o que aprender com o pai e o mito Silvio Santos

Julioo12111


Silvio Santos não é hoje um mito vivo só pelo seu talento como animador e comunicador. O dono do SBT, que completa 86 anos em dezembro, tem em sua trajetória a credibilidade construída como uma das mais importantes lições que qualquer artista ou profissional devem ter na vida. Uma de suas filhas, Patrícia Abravanel (38), que comanda o Máquina da Fama e participa do Jogo dos Pontinhos e do Patrícia na Rua, no programa do pai, não pode levar as críticas como constrangimento e sim como oportunidade de crescer como profissional e principalmente como pessoa, independente de suas crenças.

Divulgação SBT
Divulgação SBT

Após sofrer a fúria de segmentos LGBTs ao criticar homossexuais e de movimentos sociais por falar da miséria na África, coube ao pai Senor Abravanel jogar um balde de água fria na pupila. Em seu programa, Silvio foi direto: “a pessoa é evangélica e teve filho antes do casamento”. Em seguida,  perguntou ao auditório se era certo ou errado engravidar antes de se casar. A resposta “não” veio em alto e bom som. Apenas com sua ousadia, Silvio deixou claro para a filha que na TV e na vida, a coerência deve ser essencial ou se corre o risco de se cair no ridículo.

O que Patrícia deve perceber é que suas crenças e opiniões devem ser restritas a sua vida pessoal. Como formadora de opinião, não cabe a ela polarizar o que é certo ou errado aos olhos dos outros. Silvio Santos já deu muitos exemplos disso em sua carreira vitoriosa. Certo ou errado, Silvio sempre soube utilizar da política da boa vizinhança. Não é a toa, que ele sempre é lembrado como uma das maiores personalidades deste país.

Mesmo que parte da mídia tenha tentado minimizar o puxão de orelha dizendo que Silvio quer ver a filha casada, Patrícia tem que ter bom senso e saber que dificilmente ela teria tanto espaço na TV, se não fosse filha de quem é. Silvio quer preparar suas filhas para a fama e para os negócios, mas quer dar exemplo de que a vida não é um conto de fadas. Ele sabe muito bem que não deixou de ser camelô e se tornou um dos homens mais ricos e influentes do Brasil, por um golpe de sorte.

Júlio Fantin

@jcfantin

Júlio César Fantin

Trabalhou em empresas de comunicação como SBT SC, Band SC e Regional FM. Criou o site Portal G e o portal Ouvintes.

X

Pin It on Pinterest

X