Exclusivo: SBT desenvolve portal com afiliadas e filiadas e confirma novos projetos para a Internet

Levantamento feito pela coluna, junto com as principais afiliadas do SBT, mostra que pelo menos 70% delas, possuem portais de notícias ou jornais e rádios locais de grande penetração, como ocorre com a Rede Massa (Massa News – PR), TV Jangadeiro  (Tribuna – CE) e TV Alterosa (Uai / Estado de Minas – MG). Aproveitando todas as suas emissoras e outras empresas pertencentes aos grupos afiliados, com atuação no ramo de internet, impresso e rádio, o SBT tem em mãos a possibilidade de criar um grande portal multimídia, assim como Globo (G1), RecordTV (R7) e Band (E-Band). Além de uma ampla estrutura já formatada, a rede tem a seu favor os números cada vez mais crescentes em visualizações de vídeos no Youtube, seu site oficial e redes sociais (Twitter, Facebook e Instagram).

SBT aposta em padronização de sites e redes sociais de todas as suas emissoras e planeja novo portal.

Procurado pelo Bastidores da TV, na sexta-feira (12), o SBT confirma com exclusividade seu interesse de ampliar seus serviços multimídia. O vice-presidente José Roberto Maciel comentou sobre os 20 milhões de inscritos no YouTube/SBT e declarou: “é importante que o mercado e o nosso público saiba que o SBT hoje investe em todas as mídias e a internet continuará cada vez mais nossa aliada e jamais nossa concorrente”.

Questionado pela nossa reportagem, Rodrigo Navarro Marti, diretor de Multiplataformas do SBT, revelou em primeira-mão, os novos projetos em desenvolvimento: “Nossa estratégia para as plataformas digitais do SBT está voltada para a distribuição de vídeos relacionados a entretenimento e informação, ligados à produção da TV aberta, conteúdos licenciados e conteúdos exclusivos (bastidores, Vlogs, …). Com o forte crescimento que estamos tendo nos últimos meses nas vídeo visualizações, onde somos líderes absolutos, temos como plano a disponibilizar conteúdos regionais produzidos pelas nossas Afiliadas, através de um processo de padronização de todos os sites e redes sociais, incluindo YouTube, do Sistema Brasileiro de Televisão”. Com a padronização, todas as afiliadas e filiadas terão a possibilidade de fazer parte de um grande portal multimídia, que está em processo de desenvolvimento. Por questões estratégicas, o SBT não divulga prazos, nem qual endereço será utilizado como marca.

SBT planeja projeto para resgatar marca “SOL” – Sistema On Line. Hoje, domínio é redirecionado ao site do Jornalismo do SBT.

Em 1997, o SBT lançou o Sistema On Line (Sol), um provedor de Internet encerrado em 2001, mas cuja marca e domínio na Internet continuam pertencentes ao SBT, mesmo com o fim da empresa, que existiu na era da “internet discada”. O domínio www.sol.com.br, hoje é utilizado para redirecionar o site do jornalismo do SBT. Questionado pela coluna, se ao utilizar o “SOL”, atualmente para seu jornalismo, a intenção da emissora seja futuramente utilizá-lo como marca do seu novo portal multimídia, Navarro antecipa: “quanto ao SOL, é uma marca muito forte com a qual estamos traçando uma estratégia especifica”.

Relembre comercial do “SOL” (1997):

 

Vale lembrar que além do “SOL”, anos depois, outra marca utilizada pela emissora foi o “ISBT”, que proporcionava aos internautas ter e-mails gratuitos  (seunome@isbt.com.br). A parceria de SBT e Telefônica (Vivo), tinha como hospedagem o portal Terra. Ainda hoje é possível acessar as contas de e-mail criadas até 2012 (https://webmail-isbt.terra.com.br). Já o dominio www.isbt.com.br, continua registrado em nome do SBT, mas atualmente não é utilizado pela emissora.

Siga: JÚLIO CÉSAR FANTIN

Twitter: @jcfantin

Facebook: @eusouojulio

Instagram: @juliocesarfantin

Júlio César Fantin

Trabalhou em empresas de comunicação como SBT SC, Band SC e Regional FM. Criou o site Portal G e o portal Ouvintes. É colunista de TV desde 2012. Atua no BastidoresDaTV, desde janeiro de 2015. colunajuliofantin@gmail.com

Pin It on Pinterest