Com baixo faturamento, “Domingo Show” deve sair do ar na Record

Executivos da Record estão propondo o fim do programa “Domingo Show”, de Geraldo Luís, que renovou recentemente seu contrato a peso de ouro.

De acordo com o colunista Ricardo Feltrin, do portal “UOL”, o dominical tem ótima audiência, com índices oscilando entre 8 e 10 pontos de média, mas tem um problema crônico importantíssimo: fatura pouco.

Como tantos outros exemplos da TV no passado, o “Domingo Show” é mais um exemplo de programa de caráter popularesco, que atrai público das faixas C, D e E, mas que não atrai muito dinheiro.

Em 4h30 de programa, a atração abre apenas três intervalos comerciais e faz três ou quatro ações de merchandising. Para efeito de comparação, o “Domingo Legal”, com apenas duas horas de duração (menos da metade do programa de Geraldo Luís), faz de 12 a 15 ações de merchandising.

O programa, sempre assistencialista, apela para casos de sofrimento e superação e isso ao menos tem dado resultado: Geraldo entrega o programa com bons índices para Rodrigo Faro.

Por enquanto tudo ainda está na esfera da especulação.

Não há qualquer ideia definida de qual ou que tipo de programa humorístico poderia ocupar o horário.

Desde o ano passado a Record vem vivendo uma fase confusa e de transição em sua programação. A emissora fez várias apostas, especialmente em horário nobre, e tem perdido pontos preciosos de audiência.

O “Legendários”, apesar da sua boa audiência aos sábados, foi trocado de dia e logo após saiu do ar, pois não tinha bom faturamento. Resultado? A emissora caiu de 7 para 4 pontos no horário deixado pela atração de Marcos Mion.

Pin It on Pinterest