Disney compra a Fox por US$ 52 bilhões

O grupo Walt Disney anunciou nesta quinta-feira (14) que comprou parte da 21st Century Fox por US$ 52,4 bilhões. A transação inclui os estúdios de cinema e TV, redes de entretenimento a cabo e empresas internacionais de TV do magnata Rupert Murdoch.

Fox Broadcasting, Fox News, Fox Business, FS1, FS2 e Big Ten Network ficaram de fora da operação e continuam sob o controle de Murdoch.

Já as franquias como X-Men, Avatar, Simpsons, além de canais como FX Networks e National Geographic, farão parte do portfólio da Disney.

A compra também inclui a Endemol, que é dona dos formatos de populares programas de TV, como “Big Brother”, “Masterchef” e da série “Black Mirror”.

Disney, Fox, Comcast e Time Warner eram parceiras no controle do serviço de streaming de vídeos Hulu, que é um concorrente da Netflix nos Estados Unidos. Com a aquisição, a Disney passa a ser controladora da plataforma.

Trata-se da 4ª maior transação da história indústria de mídia e a maior aquisição já feita pela Disney, segundo a empresa de consultoria Dealogic. Veja lista mais abaixo

Por volta das 13h (horário de Brasília), as ações da Fox subiam 2,41%, enquanto que as da Disney avançavam 0,57%.

Do que a Disney será dona:

Franquias

  • X-Men
  • Deadpool
  • Avatar
  • Titanic
  • Planeta dos Macacos
  • Era do Gelo
  • The Simpsons
  • Modern Family
  • Homeland
  • The Americans
  • American Horror Story
  • Empire
  • This is Us

Canais e serviços

  • FX Networks
  • 20th Century Fox Television
  • National Geographic
  • Fox Sports Regional Networks
  • Fox Networks Group International
  • Star India
  • Serviço de streaming Hulu (controladora)
  • Sky plc
  • Tata Sky
  • Endemol Shine Group

A Disney também assumirá cerca de US$ 13,7 bilhões de dívidas do grupo no negócio, o que eleva o preço da operação para US$ 66,1 bilhões.

Acionistas da Fox irão receber 0,2745 ação da Disney por cada uma de suas ações. Isso representa um valor de US$ 29,50 por ação pelos ativos que a Disney está comprando, de acordo com cálculos da Reuters com base no preço da ação da Disney no fechamento do mercado na quarta-feira (13).

A transação ainda está sujeita a aprovações regulatórias e de seus acionistas, mas a previsão é de que o negócio seja concluído entre 12 e 18 meses, segundo informa o site “G1”.

Pin It on Pinterest