“Ele me salvou”, revela Camila Pitanga sobre tragédia com Domingos Montagner ao “Fantástico”

(Foto: Reprodução/TV Globo)
(Foto: Reprodução/TV Globo)

Na noite deste domingo, 18 de setembro, o “Fantástico“, tradicional revista dominical da Globo, conseguiu de última hora uma entrevista com a atriz Camila Pitanga. Ela foi a única testemunha da tragédia com o ator Domingos Montagner, que desapareceu e horas depois foi encontrado sem vidano Rio São Francisco, na última quinta-feira (15).

Em entrevista a repórter Sonia Bridi, na residência da família, Camila Pitanga falou pela primeira vez após a morte de Montagner. Ela declarou que não imaginava o que estava acontecendo antes de ver Domingos submergir pela primeira vez.  Ela afastou também qualquer tipo de especulação a respeito da tragédia. “A gente foi pra direita e viu uma água parada, um lodo, aí a gente viu umas pedras e o Domingos viu essas pedras e mergulhou. Ele foi de cabeça, eu devagarinho. Eu notei que tinha uma pedra com uma marolinha. A gente estava nadando a favor de uma correnteza muito perene, muito parada”, afirmou Camila.

Ela revelou que Domingos estava a frente dela quando percebeu que não conseguia nadar. “O Domingos estava mais na frente e eu mais atrás, a gente tentava nadar, mas perdeu. Quando eu percebi que não conseguia vencer a correnteza, aí eu me desesperei. Aí eu respirei errado e pensei, conversei comigo mesmo, foi tudo em segundos. Eu não estava tendo noção do que estava acontecendo. Aí eu vi pedras e pensei em ir até lá porque voltar eu não estava conseguindo. Aí eu pensei que estava tudo bem e chamei o Domingos. Ele não nadava, estava assustado. Aí eu tentei ajudar”, disse.

Camila deixou claro que não foi heroína por tentar ajudá-lo. “Não sou heroína, nada disso. Saí e fui ajudar e peguei no antebraço dele e dizia que estava tudo bem. Ele não saia do lugar, não falava nada. Foi muito estranho porque ele aparentava estar paralisado. Ele falava: “eu não tô conseguindo”. Então eu sugeri que ele boiasse e comecei a gritar socorro, foi quando ele submergiu pela primeira vez”, revelou. A atriz por várias vezes pausava a sua fala pela forte emoção. Por todo o momento ela foi atentamente observada pelos seus familiares. “Eu vi [ele submergir] duas vezes. Quando ele submergiu eu entendi o que estava acontecendo. Eu entendi que não poderia ir lá porque não era ele assustado, era um desespero porque eu pensei: ‘eu vou’ e algo me dizia ‘não vai’. Eu me arranhava, me batia e não tinha ninguém. Eu gritava e eu sabia que não poderia ir”.

Camila, emocionada, disse que Domingos a salvou. “Em nenhum momento ele me agarrou, ele me salvou, ele sabia o que estava acontecendo. Ele me deu a oportunidade de viver, me deu essa chance”, disse a atriz. “Eu vi o último olhar dele, ele estava cheio de tristeza, ele não queria ir, ele queria ficar. É muito duro você relatar isso para a própria família, é muito duro. É uma segunda chance, de estar com meus filhos, meus amigos”.

ASSISTA NA ÍNTEGRA!




X

Pin It on Pinterest

X