Globo determina que suas emissoras próprias cortem gastos

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A direção da Globo determinou no mês de outubro que suas cinco emissoras próprias, em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife e Brasília, evitarem qualquer tipo de gasto até o fim do ano. Os investimentos só serão feitos em 2017.

De acordo com o colunista Léo Dias, do jornal O Dia, coberturas jornalísticas e viagens para grandes coberturas só poderão ser feitas com autorização prévia de Carlos Henrique Schreder.

O motivo para o aperto nas contas são as eleições 2016. Por conta do horário político inserido no meio dos intervalos comerciais, vários anunciantes correram por não quererem as imagens de seus produtos associadas a políticos. A receita despencou e o faturamento das emissoras no período pré-eleitoral caiu assustadoramente.

X

Pin It on Pinterest

X