Morre nos Estados Unidos o jornalista Eliakim Araújo

Leila Cordeiro e Eliakim Araújo nos Estados Unidos.
Leila Cordeiro e Eliakim Araújo nos Estados Unidos.

Morreu aos 75 anos nos Estados Unidos o jornalista Eliakim Araújo. Ele estava internado em um hospital de Fort Lauderdale para o tratamento de um câncer. As informações são do portal de notícias G1.

Natural de Guaxupé, Minas Gerais, Eliakim Araújo ingressou no jornalismo aos 20 anos quando ainda era estudante de direito. Passou quase duas décadas na Rádio Jornal do Brasil antes de ir para a Rede Globo, onde apresentou junto com a mulher, a também jornalista Leila Cordeiro o “Jornal da Globo”, em 1983.

Juntos, Eliakim e Leila seguiram para a extinta Rede Manchete em 1989. Eles ancoraram o principal jornal da emissora. Em São Paulo, também com mulher, Eliakim apresentou telejornais do SBT.

O casal se mudou para os Estados Unidos em 1997 para atuar como âncoras do canal “CBS Telenotícias”, em português. O projeto durou 3 anos e os jornalistas decidiram continuar morando no país. Atualmente, Eliakim Araújo morava em Fort Lauderdale com a família e trabalhava com jornalismo online.