No “Domingo Legal”, Leão Lobo critica Ana Maria Braga, Gilberto Barros e Márcia Goldschmidt

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O apresentador Leão Lobo não poupou críticas a Ana Maria Braga, Gilberto Barros e Márcia Goldschmidt durante participação no programa “Domingo Legal”, do SBT, neste domingo (7). Dentre as acusações, o jornalista citou uma “macumba” que Goldschmidt teria feito contra ele e quase o levou à morte.

Segundo o UOL, Lobo iniciou a entrevista relembrando a desavença que teve com Ana Maria Braga, quando ainda era repórter da TV Tupi. “Foi uma grande querida amiga muitos anos atrás, quando ela só tinha uma calça jeans e morava com outras pessoas numa república”, cutucou. “Mas [Ana Maria] me expulsou do programa dela no ar, porque, sei lá, alguém teria feito uma intriga. Anos depois, a gente se encontrou e ela se desculpou. Mas é o que eu falei para ela ‘perdoar, eu perdoo, mas esquecer, eu não esqueço'”, disse Leão.

Em seguida, o jornalista acusou Gilberto Barros de ter “pedido a cabeça” de profissionais à direção da Band. “Esse, simplesmente, foi pedir a minha cabeça para a Band, na época. Ele não foi legal com várias pessoas. Ele também foi pedir a cabeça de um senhorzinho, que trabalhava no programa dele, só que não estava com a camisa com o nome dele. Eu o vi fazendo isso”, acusou.

Leão falou ainda sobre uma “macumba” que Márcia Goldschmidt teria feito contra ele. “Só para vocês terem uma ideia: essa daí fez macumba. Eu quase morri. Fiquei 15 dias no hospital”, disse ele.

X

Pin It on Pinterest

X