Reprise de histórica reportagem sobre Ângela Diniz é creditada pela GloboNews; entenda

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

A GloboNews reprisou na madrugada de ontem, no “Arquivo N“, a reportagem história sobre o caso Ângela Diniz. Na primeira exibição, o canal de notícias da Globo cometeu a gafe de não mencionar os autores do trabalho.

Mas, na reprise feita no programa “Arquivo N“, os créditos foram devidamente colocados para o repórter Odilon Coutinho e imagens do cinegrafista Luiz Manse. São informações do jornalista Flávio Ricco, do “UOL”.

Entenda:

O canal de notícias da Globo, a GloboNews, exibiu uma reportagem, histórica, feita por Odilon Coutinho com Doca Street e imagens feitas pelo cinegrafista Luiz Manse. A reportagem em questão era sobre até o assassino da socialite Ângela Diniz.

Até aí tudo bem, a reportagem foi exibida mais uma vez ao público. Ela mostrou o repórter sendo encapuçado e levado até o assassino. O problema é que ninguém se deu o trabalho de mencionar os autores do tal furo de reportagem. As vozes  de Odilon e imagens de Manse foram vistas, mas não devidamente creditadas.

Foram esquecidos pelo canal.

X

Pin It on Pinterest

X