Mariana Ximenes viaja a Pernambuco no palco do “Caldeirão do Huck”

Foto: Globo/Mauricio Fidalgo
Foto: Globo/Mauricio Fidalgo

Sempre com um sorriso no rosto, Mariana Ximenes recebe do apresentador Luciano Huck uma surpresa daquelas de emocionar e guardar para toda vida, no “Caldeirão do Huck” deste sábado, dia 17. A atriz, que se prepara para estrear a série “Supermax” no próximo dia 20 e atualmente brilha no papel da Tancinha de “Haja Coração”, participa do programa acreditando que vai apenas conhecer a “Tancinha da vida real”, uma mulher tão batalhadora e simpática como a sua personagem na novela das sete. Papo vai, papo vem, eis que Huck revela o real motivo do convite à atriz: “Você está no Visitando o Passado”. É o estopim para uma verdadeira viagem no tempo, com direito a lugar marcado.

Conforme explica o apresentador, “Nesse quadro, a gente reconstrói espaços, cantos, algum lugar que traga memória afetiva para uma personalidade”. Com isso em mente, o local escolhido para surpreender Mariana não poderia ser outro: a casa da sua bisavó, Dona Chiquinha, em Groaíras, no Ceará. Assim que atravessa uma parede de fumaça para entrar na construção feita dentro do estúdio do programa, como quem realmente se despede de um tempo para mergulhar em outro, a atriz encontra dois espaços da casa da família reconstituídos nos mínimos detalhes: a cozinha e o quintal. Embalada pelas boas memórias, ela descobre que até um bode, como o que costumava ficar preso ao tronco do pé de Siriguela da bisavó, está ali. E “Haja Coração!”: parte de sua família aparece para curtir o momento com ela no “Caldeirão”.

O sábado também conta com a musicalidade de três cantoras sertanejas que foram acolhidas de braços abertos pelo Brasil. As gêmeas da dupla Maiara e Maraísa e a jovem Marília Mendonça, conhecida como a “rainha da sofrência”, chegam à atração para um encontro especial. No palco, elas se apresentam cantando sucessos, como “10%” e “Infiel” e contam um pouco sobre as trajetórias e o dia a dia com a intensa rotina de shows pelo país. O encontro culmina em uma apresentação-presente para a plateia, com o trio cantando junto.

Na série “Caldeirão Paratodos”, o público acompanha a impressionante história de Fernando Rufino, ex-peão de rodeios, ex-fisiculturista e atual atleta de paracanoagem que nasceu em Eldorado, Mato Grosso do Sul. Após quatro acidentes graves que mudaram os rumos de sua vida radicalmente e uma série de infortúnios, inclusive o problema de saúde que o tirou dos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro, ele mostra como a força de vontade e a persistência o ajudam a criar forças para vencer e superar os obstáculos que aparecem em seu caminho.

O “Caldeirão do Huck” vai ao ar aos sábados, logo após o “Estrelas”. O programa tem direção geral de Hélio Vargas.